Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Dare - Out Of Silence [1988]


Darren Wharton ganhou fama ao participar de maneira oficial no Thin Lizzy nas gravações dos discos "Renegade" e "Thunder and Lightning" e como músico convidado em "Chinatown". Mas como bem sabemos, naquele momento a banda estava quase no fim devido aos inúmeros problemas ao redor do grupo, que culminou com o fim do mesmo em 1984.

Porém com o intuito de continuar a carreira, Wharton com um nome já consolidado devido a sua participação na banda do lendário Phil Lynnot, ele monta o Dare, que era composto pelo guitarrista Vinny Burns (que posteriormente faria parte do Ten), o baixista Burke Shelley, James Ross na bateria e Brian Cox nos teclados. Após um certo tempo tocando em clubes, eles acabam por arranjar uma gravadora para seu primeiro disco, lançado em 1988 e que é considerado um dos grandes clássicos do AOR, o ótimo "Out Of Silence".


E o mesmo foi aclamado pela crítica européia da época, que os recebeu muito bem, inclusive após um show que o grupo fez no clube Marquee em Londres, no dia 25 de outubro de 1988, em que eles tocaram para um grupo de jornalistas que acabaram por ficar satisfeitos com o que viram no palco durante aquela noite. Após algumas boas críticas sobre o mesmo, o registro acabou por ganhar uma boa repercussão, e fez um bom sucesso principalmente na Suécia, onde a recepção ao grupo ocorreu de maneira calorosa.

E não à toa, pois temos um disco de AOR onde o grupo faz um trabalho perfeito, desde a linha vocal marcante de Wharthon, o ótimo trabalho de Burns nas guitarras, cozinha entrosada e a destacada camada de teclados feita pela dupla Wharton / Cox, que conduz praticamente todo o registro e nos dá aquela marca registrada dos anos 80 nas canções. E logo que colocamos a bolacha para rodar, já somos presenteados com a mágica "Abadon", com um clima festeiro e que cativa logo em sua primeira audição, e gruda rapidamente na mente. Sem tempo para recuperar o fôlego temos "Into The Fire", com sua camada de teclados épica e com uma bateria marcante, que dá um toque especial à canção.



E até o seu final, o grupo segura bem o ouvinte, com um AOR cheio de pompa e muito bem trabalhado. Um outro grande exemplo disso é na bela balada "Nothing Is Stronger Than Love", uma canção grandiosa e com um trabalho vocal primoroso de Wharton, que mostra que sua voz melodiosa realmente é perfeita para o AOR. "Runaway" fará com que você se pergunte como esses caras conseguiam fazer melodias tão bonitas, de onde vinha tanta inspiração. "The Raindance" vem como mais um épico, com melodias intricadas e em que Burns aparece com mais destaque até aqui.

E temos mais baladas carregadas de emoção, como na melancólica "King Of Spades", a tranquilizante "Return The Heart" e "Don't Let Go", que fecha esse registro com chave de ouro, com mais uma bela melodia criada pelo grupo. Um grande disco para quem é chegado a um bom AOR europeu. Se você quer distorção e barulho, fuja desse, pois é mais recomendado para ouvir agarradinho com sua patroa.





1. Abandon
2. Into the Fire
3. Nothing Is Stronger Than Love
4. Runaway
5.Under The Sun
6. The Raindance
7. King Of Spades
8. Heartbreaker
9. Return The Heart
10. Don't Let Go

Darren Wharthon - Vocais, Teclados
Vinny Burns - Guitarras
Burke Shelley - Baixo
James Ross - Bateria
Brian Cox - Teclados


By Weschap Coverdale

3 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?c7lzob3u8b98tdn

SodomRj disse...

Inválido ou deletado.
se der pra reupar... :(
tentem começar a por o nome dos albuns abreviados pra prevenir que isto aconteça com muita frequência, pq agora esta brabo, eles estão pegando no pé mesmo.

SodomRj disse...

Inválido ou deletado.
se der pra reupar... :(
tentem começar a por o nome dos albuns abreviados pra prevenir que isto aconteça com muita frequência, pq agora esta brabo, eles estão pegando no pé mesmo.