Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 19 de abril de 2011

Treat - Coup De Grace [2010]


Reuniões de bandas, por si só, já são acontecimentos empolgantes. Melhor ainda quando resultam em grandes álbuns. É o caso dos suecos do Treat, que voltaram com a corda toda, lançando simplesmente um de seus melhores discos em toda a carreira. Mantendo a fidelidade ao Hard Rock oitentista, Coup De Grace mostra que mesmo após tanto tempo afastados, os músicos sabiam muito bem onde estavam se metendo. Com melodias irresistíveis e execução primorosa, o play caiu no gosto de todos os adeptos, sendo considerado um dos melhores do gênero no ano passado – na opinião deste que vos escreve, simplesmente O melhor!

Após uma intro que faz o ouvinte entender todo o conceito histórico adotado na parte gráfica, o primeiro petardo é disparado, com a fantástica “The War Is Over”, cujo refrão é algo acima da compreensão lógica. Um ‘yeah’ à la Gene Simmons abre “All In”, rockão de primeira, com ênfase total na guitarra. Presença obrigatória em qualquer futura coletânea do conjunto. Mantendo o nível de adrenalina alto, “Paper Tiger” é mais uma ser decorada e cantada pelos fãs, com uma pegada perfeita para ser executada ao vivo. “Roar” é outra que segue a linha mais Heavy do grupo e ficou conhecida por ser trilha sonora do app game para Facebook, Monster Galaxy. Bela sacada em liberar a faixa e colocar o nome em evidência, mostrando que o mercado da música só esgotou as possibilidades para quem não tem imaginação.



Lógico que a boa e velha baladinha para ensopar roupas íntimas alheias não poderia ficar de fora. “A Life To Die For” à risca segue a linha que consagrou muita gente em tempos passados. Na seqüência, uma de minhas preferidas, “Tangled Up”, com aquele groove nos padrões do que o baterista Jamie Borger costumava fazer com o Talisman até recentemente. Estivesse vivo, diria que Marcel Jacob participou ativamente da composição. O Hard direto e potente volta com força total em “Skies Of Mongolia”, com sua entrada climática caindo em um riff matador. Já “Heaven Can Wait” nos faz lembrar que o Treat foi companheiro de geração do Europe. Hit certeiro, como Joey Tempest e companhia tantas vezes já fizeram com maestria! Não foram poucas as vezes que me peguei cantarolando o refrão na rua, do nada.

Mais injeção de peso, com “I’m Not Runnin’”, som com um approach mais atual, chegando até a lembrar algo do álbum Live To Win, de Paul Stanley. A agitada “No Way Without You” conta com mais um refrão que vai fazer o ouvinte respirar fundo assim que surge. A mais próxima do AOR é “We Own The Night”, soltando emoção em cada nota, como deve ser em uma canção do gênero. E quando a gente pensa que nada mais vai surpreender, “All For Love” explode nos alto-falantes com mais uma melodia de arrancar lágrimas dos saudosistas. E que refrão, meu Dio! Para fechar de vez, “Breathless” é um Hard de primeira, com certa canastrice, bem no estilo que David Lee Roth adora presentear o mundo. Misture isso a uma veia bem européia e temos o que temos.



Apesar de não ser um reencontro com a mesma pompa e glamour de outras bandas de sua geração, o Treat oferece em Coup De Grace uma verdadeira aula de como resgatar a carreira com dignidade e qualidade. E mostra que, se o Hard Rock sueco é um dos melhores do mundo há certo tempo, os pioneiros são merecedores de todo o reconhecimento por parte da excelente safra atual. Baixe, ouça e se emocione com um dos grandes álbuns dos últimos tempos!

Robert Ernlund (vocals)
Anders Wikstrom (guitars)
Nalle Pahlsson (bass)
Jamie Borger (drums)
Patrick Appelgren (keyboards)

01. Prelude: Coup De Grace
02. The War Is Over
03. All In
04. Paper Tiger
05. Roar
06. Life To Die For
07. Tangled Up
08. Skies Of Mongolia
09. Heaven Can Wait
10. I'm Not Runnin'
11. No Way Without You
12. We Own The Night
13. All For Love
14. Breathless

Link nos comentários
Link on the comments



JAY

9 comentários:

Anônimo disse...

Treat – Coup De Grace [2010]

116 MB
320 kbps

http://www.mediafire.com/?fk18tlof1a4ppwm

Marcos disse...

Belo post obrigado

Eduardo Paiva disse...

Baixando! Valeu!

Ricardo Brovin disse...

Parabéns pelo post!!!!vlw...

Dynasty disse...

E dizer que o Treat apareceu no inicio dos anos oitenta com um rockinho suave feito agua com açucar.

Parecia ser uma obrigação gravar daquele jeito. Deixou uma impressão não muito boa. A turma correu para os mais agressivos e o Treat ficou.

Hoje parece que uma pá de bandas que flertaram com o rock FM começam a dar a volta por cima. Aprenderam a lição e voltaram a apostar no rock pesado. Que ótimo. Parabens pelo post. Parabens pela resenha. Abraço a todos na Combe.

Jonathan disse...

Baixando

Anônimo disse...

fino! Gracias!

Ito disse...

Vou dar um confere mas o Gene só fala grosso fora de casa meu camarada!! rsrs.

Rex Niskke disse...

realmente um dos melhores disco do ano passado e ums dos melhroes dos ultimos 10 anos tbm,só perde pro new religion e fica lado alado com o generation wild,quando o assunto é laçamentos de 2010,puta discao!!! excelente post!!!