Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 1 de maio de 2011

Black 'N' Blue - Hell Yeah! [2011]


Retomar a carreira de um ponto onde parou há muito tempo é algo totalmente utópico. No caso do Black ‘N’ Blue, foram 23 anos separando In Heat e seu novo álbum, Hell Yeah!, que chega cercado de expectativas. Agora, a banda volta, com quase a mesma formação – o único desfalque sendo Tommy Thayer, por motivos óbvios. Mas independente de qualquer coisa, o que realmente importa é que os comandados de Jamie St. James não perderam a capacidade de compor melodias indefectíveis, com o talento que quase sempre não foi reconhecido.

O trabalho abre com os belos riffs de “Monkey”, mostrando que o Hard Rock ditará o clima, sem as popices que o grupo se submeteu, especialmente nos tempos do clássico Without Love. Mas isso não significa que deixaremos de ter sons ganchudos, como fica claro na seqüência, com “Target”, música para sair agitando ao som das guitarras. “Hail Hail” é o típico Rock de arena, com refrão pronto para ser acompanhado por um coro de vozes. Já em “Fool’s Bleed” temos aquele começo lento, com dedilhado que engata em uma acelerada e refrão apoteótico. Sem dúvida um dos grandes momentos. Eis que um riff espetacular explode nos alto-falantes, dando início à festeira “C’mon”, daquelas faixas que conquistam na primeira escutada. E a vinheta “Jamie’s Got the Beer” trata exatamente de se abrir uma gelada e mandar umas violas no melhor estilo bebum.


E tome porrada na orelha com “Angry Drunk Son Of A Bitch”, com sua bela cadência, mostrando mais um trabalho inspirado da dupla de seis cordas. “So Long” chega a assustar, com sua entrada quase Heavy, desembocando em mais uma ótima e fácil melodia. Mais uma vinheta em “Trippin’”, dessa vez uma bonita passagem acústica. O clima continua no começo de “Falling Down”, uma mezzo balda. Para uma banda que nunca foi top de linha no assunto, até que essa não compromete. “Candy” é Black ‘N’ Blue mais açucarado (o nome já denuncia), enquanto a faixa-título é outro petardo certeiro, com uma levada deliciosa de se acompanhar.

A faixa com levada mais Pop surge em “World Goes Round”. Mas fique claro que isso não tira sua qualidade, embora possa desagradar quem está em busca de peso desenfreado. Mas a pegada Hard volta à tona em “I Smell A Rat”, com riffs marcados acompanhando os vocais. Aliás, ressalte-se que Jamie St. James oferece um desempenho exemplar, mostrando que não perdeu a potência. Apesar de nunca ter sido um dos grandes cantores do estilo, esbanja competência e segurança. Para fechar de vez, a curtinha “A Tribute To Hawking”, que é uma faixa escondida após alguns segundos de silêncio. E viva o humor negro, rapaz!

O Black ‘N’ Blue sempre foi uma banda dos escalões inferiores e não é com Hell Yeah! que isso vai mudar. De qualquer modo, a banda mostrou que ainda é capaz de contagiar os adeptos do bom e velho Hard Rock com boas músicas aliadas a uma performance excelente dos músicos. Sim, há vida depois que Tommy Thayer foi para o espaço sideral!

Jaime St. James (vocals)
Jef "Woop" Warner (guitars)
Shawn Sonnenschein (guitars)
Patrick Young (bass)
Pete Holmes (drums)

01. Monkey
02. Target
03. Hail Hail
04. Fool's Bleed
05. C'mon
06. Jaime's Got The Beer
07. Angry Drunk Son Of A Bitch
08. So Long
09. Trippin'
10. Falling Down
11. Candy
12. Hell Yeah!
13. World Goes Round
14. I Smell A Rat
15. A Tribute To Hawking

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

15 comentários:

Anônimo disse...

Black ‘N’ Blue – Hell Yeah! [2011]

118 MB
320 kbps

http://www.mediafire.com/?4jcn219n2bew4g7

Hebert disse...

opa,esperava mesmo esse cd,estou baixando e escutando,vlw

mila rock disse...

Vamos ouvir...

Eduardo disse...

Caralho, cheio de lançamento foda, e a combe sempre na frente, gostaria de ver uma resenha do novo do King Kobra, mas taeh, vlw mesmo Jay!!!

Jay disse...

A resenha já tem faz tempo, lá na Van. Ué, ele quer só a resenha, não link, deixou bem claro.

Eduardo Paiva disse...

Esse pessoal da Combe é foda! Tava ansioso para ouvir o Hell Yeah do Black N' Blue! Valeu Jay!

Carlos disse...

Bandaça, puta lançamento, discaço. Mais uma vêz a Combe saiu na frente. Grato !

Reapmusic disse...

Sempre ouvi falar dessa banda, mas não conheço muito bem... Download Já!!

Gus disse...

Valeu, baixando pra conferir

\m/

maapadasilva disse...

Não tô conseguindo baixar no Medifire. Cadê o botão de download?

Dá pra repostar no MultiUpload?

Valeu. Obrigada<

AlBassPlayer disse...

Puta Merda!!! Mais uma da Frontiers Records. Algum selo tupiniquim deveria distribuir estes novos e maravilhosos álbuns. Gostaria de compra-los. Algumas bandas dos anos 80 estão voltando e fazendo discassos pois não têm o compromisso de agradar nenhum executivo de majors. O resultado: eles são eles mesmos e a Frontiers tem respeitado isso e colocando no mercado pérolas como este álbum. A lista é grande: Journey, Warrant, Whitesnake, Black'n Blue, Uriah Heep e por aí vai...

AlBassPlayer disse...

Ah, e conhecendo bem o B'nB posso garantir que este é o melhor álbum deles... só demorou quase 30 anos pra isso.

Delton disse...

sempre foi fenomenal, vamo ve se continua...valeu !

Anônimo disse...

Super curioso pra ouvir!
Valeu Combe!
Só falta algo do Faster Pussycat agora! \o/

Vanderson disse...

Great.....post, band and blog...