Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 3 de maio de 2011

Top Gun – Original Motion Picture Soundtrack [1986]


Val Kilmer e Tom Cruise jovens só de cueca se encarando enfezados no vestiário do alojamento da marinha norte americana. Os milicos jogando voleyball na areia só de jeans e sem camisa fazendo zoínho um pro outro (isso sim é esporte de fresco).

Tudo isso entremeado por cenas antológicas de caças F14 Tomcats realizando manobras acrobáticas em treinamentos e batalhas sob o som do melhor pop rock que a América podia oferecer. Não deixe de conferir as imagens dessa postagem.



Top Gun formou gerações. Assim como diversos filmes de ação dos anos 80, temos aqui um ápice no estilo, com produção impecável em uma época em que computadores serviam apenas para detalhes de edição. Eles filmaram os treinamentos reais da Marinha americana com aviões reais. As cenas são de tirar o fôlego. Ah! Tom Cruise faz o papel de Pete "Maverick" Mitchell, piloto oficial que tem uma moto superesportiva e acompanha a decolagem dos caças em alta velocidade. O único piloto a ficar cara a cara com um Mig 28, caça de ataque soviético, até então totalmente desconhecido do mundo em razão da cortina de ferro criada pela guerra fria.

O filme, além de um clássico do gênero, é uma jogada de marketing genial. Enquanto as cenas gravadas exclusivamente para o público masculino têm máquinas velozes em cenários deslumbrantes - como desertos, mar e praias - embaladas pelo hard rock de arena (meio pop/ meio AOR), existem cenas gravadas exclusivamente para o público feminino, com os rapazes sem camisa ao som de pop rock e momentos de amor (com take my breath away) e dor (a morte do parceirão de Cruise, que deixa mulher e filho, em um acidente trágico).

O mais impressionante é que as cenas literalmente se intercalam. Parece que são quadros especialmente criados para os respectivos públicos. Nunca cronometrei, mas não me surpreenderia saber que os quadros têm exatamente o mesmo tempo de duração. Isso, obviamente, é suposição minha.



O play abre com Danger Zone e, na sequência, Mighty Wings. Duas pérolas do hard rock de arena com timbres totalmente anos 80. O Cheap Trick, antes uma banda pós punk, absorveu profundamente a tendência daqueles meados da década de 80, e soube tirar vantagem disso. Mighty Wings chega a soar desgastante, de tantos clichês que traz.

Playing With the Boys é o som que rola enquanto o joguinho de voley acontece sob um sol escaldante (sim, os rapazes também estão suados). Aí vêm duas músicas com vocais femininos em sequência: Lead me On e a ejaculativa Take My Breath Away. Se eu contar quantas vezes dancei isso em festinhas, acho que bate Still Loving You, do Scorpions (mas não tenho certeza). Vocais que podem ser classificados de, no mínimo, tesudos.



Top Gun Anthem traz um Steve Stevens esbanjando feeling. Ele deixa de lado os bululus e, juntamente com Harold Faltermeyer, dá ênfase à melodia. Foram indicados ao Oscar de melhor trilha sonora e o disco atingiu o número 1 das paradas americanas.

Bryan Adams e Judas Priest (fase Turbo) foram cotados para fazer parte da trilha sonora, mas recusaram a empreitada.

Não se deixe levar pelas cafonices. Top Gun é perfeito, tanto nas cenas como no título (original, porque “ases indomáveis”, pra variar, é de doer) e, em especial, na trilha sonora.

Track List

01 - Danger Zone - Kenny Loggins
02 - Mighty Wings - Cheap Trick
03 - Playing With The Boys - Kenny Loggins
04 - Lead Me On - Teena Marie
05 - Take My Breath Away – Berlin
06 - Hot Summer Nights - Miami Sound Machine - Miami Sound Machine
07 - Heaven In Your Eyes – Loverboy
08 - Through The Fire - Larry Greene
09 - Destination Unknown – Marietta
10 - Top Gun Anthem - Harold Faltermeyer & Steve Stevens
11 - (Sittin' on) the Dock of the Bay - Otis Redding
12 - Memories - Harold Faltermeyer
13 - Great Balls Of Fire - Jerry Lee Lewis
14 - You've Lost That Love And Feeling - Righteous Brothers

Link nos comentários
Link on the comments

Por Zorreiro

14 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?g7djnxxh5n7z2bj

Peterson disse...

Covardia hein, essa é pra mexer com as emoções da gente mesmo, prato cheio pra quem quer referência à AOR que a gente nem sabia o que era na época, parabéns pelo post !!!

Orlandofr1 disse...

Muito bom obrigado .

Giovane disse...

obrigado..adorei a descrição kkkkkkkkk

Eduardo Paiva disse...

Baixando!

Ron Mick disse...

Quem For baixar, arrume a tag doultimo arquivo: You've Lost That Loving Feeling.
Bom disco. Bom Filme. Cruise canastra.

Vlw.

Anônimo disse...

um dos melhores filmes de todos os tempos

Vinicius Ramos disse...

Eu vi esse post em outro BLOG, mas tive que vir aqui comentar, porque TOP GUN é TOP GUN !

E outra, vim comentar pra ajudar tbm, meus parabéns pelo seu blog, que continue alto nível assim !

Se puder dá uma forcinha para o meu BLOG tbm, o principal do meu blog são as letras e traduções, to começando agora ! Grande abraço !

http://vincemaidenmaniaco.blogspot.com

Caue Machado disse...

Aew, manolagem, ótimo post.
Há tempos não comentava ou baixava nada daqui apesar das visitas diárias.
Esse não tem como não comentar.
Sou um ficcionado pelos 80's, e não seria diferente com os filmes. Tenho uma videoteca que estou digitalizando. Deve ter uns 100 filmes, dentre os quais Falcão, O homem da Califórnia, Robocop, Flashdance, Footloose, Quanto + idiota melhor e Top Gun, pra iniciar...
E as trilhas se destacam, pois trazem o que estourava na época: Hard Rock e Pop.

Tenho meio que essa coletânea já, mas com arquivos soltos que fui baixando aos poucos. Danger Zone é demais, adoro esse som! Adoro Kenny Loggins (esse cara sabe fazer os hits!).

Estendi um pouco, mas pq esse mereceu. Espero q venham + trilhas de filmes. Adoro coletâneas.

Parabéns, Zorreiro.
Parabéns, Combe!!

Guimara disse...

Eu tinha, quer dizer tenho, uma fita K7 dessa trilha.
Ouvi muito.

Anônimo disse...

a trilha chega a ser melhor que o filme.. rs

Anônimo disse...

Cara tenho 40 anos e só quem viveu os anos 80 sabe o quanto foi o alvoroço na época do TOP GUN. PUTA FASE!!
A trilha sonora parece nos remeter aqueles tempos.

Anônimo disse...

Eita 1986! Ano que vim para o mundo... e ano do auge da farofa, da cultura oitentista...

Viva os anos 80!

Anônimo disse...

E tomara que não sai o Top Gun 2. Deixem o clássico quieto... Ele não precisa de uma continuação