Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Thin Lizzy – Bad Reputation [1977]



Que o Thin Lizzy é uma banda irlandesa, todo mundo sabe. Que os caras influenciaram 100% das bandas da NWOBHM (e uma penca de americanas), também.

Mas o sucesso é complexo.

Depois de mudarem seu som para tomar de assalto o mercado norte americano (e conseguir), os excessos destruíram uma química mais que perfeita.

Apesar de todas as fases poderem ser consideradas clássicas, foi com a dupla de guitarristas Scott Gorham e Brian Robertson que os caras produziram o que há de melhor em twin guitars da segunda metade dos anos 70. Melodias impactantes, vocais com uma suavidade a la Hendrix e uma cozinha diferenciada contribuíram para que o Thin Lizzy se firmasse como um dos monstros sagrados do hard rock, mesmo não tendo vendido as mesmas cifras que seus contemporâneos do Led/Sabbath/Purple.

A turnê de 1977, do álbum Bad Reputation, teve tanto sucesso na terra do Tio Sam que gerou o megafantástico álbum Live and Dangerous. Definitivamente, era o topo, o auge. Mas Lynott estava com hepatite C, na época agravada por seu alcoolismo, enquanto Robertson gostava muito de brincar com agulhas. Os outros dois também não ficavam apenas olhando as brincadeiras dos amigos. Como eu sempre digo: dinheiro é um veneno pra quem não tem cabeça. E com o Lizzy não poderia ser diferente.



Brian Robertson não aparece na capa. Isso porque praticamente não tocou no disco, sendo creditado apenas em duas músicas. Tampouco participou das composições. E, mesmo assim, aparece somente nos solos de "Opium Trail" e "Killer Without a Cause”. Participou da turnê, mas, para que Live and Dangerous tivesse o resultado sonoro que teve, foram precisas diversas horas de estúdio em trabalhos de overdubs.

Bad Reputation é o oitavo disco de estúdio do Lizzy e traz um som mais pop, sem perder a veia hard que os tornou famosos nos States. Southbound e Dancing in The Moonlight são pop até a medula, e aparecem no ao vivo. Guitarras simples com melodias grudentas de solos em quinta fazem a cabeça dos fãs até hoje.



Mas temos os velhos e bons rockões de guerra. Opium Trail é uma das melhores músicas que o Thin Lizzy fez em sua história. Punch e feeling com tempos de batida que se intercalam entre o rápido e o trabalho de viradas que acompanham o baixo e as guitarras. Coisa que só é possível para quem já tem algum tempo de convivência na estrada. E Bad Reputation é exatamente o documento final de uma fase áurea que nunca mais se repetiu. Killer Without a Cause tem um riff inicial que, salvo engano grosseiro meu, influiu demais o que Eddie Van Halen fez nos anos seguintes.



Em 2011 está para ser lançada uma versão deluxe com diversos bli-blis para agradar os fãs. Mas essa versão ainda não está disponível, então, vamos aos clássicos.

O que eu nunca entendi foi por que os produtores dos discos do Thin Lizzy da segunda metade dos anos 70 insistiam em entupir a voz de Lynott com reverb e delay. Coisa mais chata.

Mas isso, agora, não importa mais. Bad Reputation é pra botar pra rodar no toca discos naquele febril final de tarde de outono enquanto você se prepara para fazer absolutamente mais nada de útil. Apesar de que parar a vida para curtir um som não pode ser tão inútil assim.

Track List

1. Soldier Of Fortune
2. Bad Reputation
3. Opium Trail
4. Southbound
5. Dancing In The Moonlight
6. Killer Without A Cause
7. Downtown Sundown
8. That Woman's Gonna Break Your Heart
9. Dear Lord

Philip Lynott (baixo e vocais)
Brian Downey (bateria)
Scott Gorham (guitarra)
Brian Robertson (guitarra)

Link nos comentários
Link on the comments

Por Zorreiro

7 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?lw0wo7923186g39

Ricardo Brovin disse...

Album do caralho...parabéns pelo post!!!

Anônimo disse...

boas lembranças de "Dancing in the Moonlight"...

eu ja sabia o dono do post, e a resenha d+...
cara... lendo, parece que voce estava junto com eles na epoca...

Valeu Zorreiro!
Valeu Combe!

Yusef

Eduardo Paiva disse...

Baixando!

Vinicius Ramos disse...

Fico muito agradecido quando vejo qualquer lugar falando (bem) sobre o Thin Lizzy, uma banda desse quilate merece ser mais reconhecida hoje em dia !

http://vincemaidenmaniaco.blogspot.com/

Alceu disse...

as musicas desse disco são mto boas! valeu pelo post!

Lune disse...

Uma daquelas grandes bandas que eu ainda não conheço muito (vergonha :/), parabéns pelo post!