Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 5 de julho de 2011

Helloween - The Dark Ride [2000]


A segunda grande crise do Helloween levou a banda ao lado mais obscuro de sua sonoridade. Aliás, tal qual Chameleon, The Dark Ride possui um título de acordo com seu conteúdo. Desavenças internas refletiram nas músicas, muitas delas com um clima bem sombrio, contrastando com a sonoridade positivista que caracterizou a história da banda. A participação do líder do grupo, Michael Weikath, foi diminuta até mesmo no processo de gravação, com Andi Deris e Roland Grapow assumindo a linha de frente nas composições – separados, obviamente, já que o ambiente em conjunto não era nem um pouco agradável.

Apesar de tudo, devo dizer que considero The Dark Ride um disco muito bom, com algumas faixas memoráveis, embora nenhuma possa realmente ser considerada um clássico da banda. E, para ser honesto, hoje essas diferenças musicais em comparação com o passado, nem soam mais tão fortes como na época de seu lançamento. A produção de Roy Z, indicado pela Sanctuary Mangement, acabou não agradando os músicos, que não se sentiram confortáveis com sua metodologia de trabalho. Anos mais tarde, o próprio admitiria que não conhecia a banda como imaginava e isso pesou. Charlie Bauerfiend ainda marcaria presença para dar uma consertada.



Após a intro, “Mr. Torture” é uma música que conserva uma das características primordiais: a capacidade de criar melodias pegajosas e um refrão apoteótico. Foi uma das que sobreviveu ao teste do tempo. As duas faixas escritas por Weikath, “All Over the Nations” e “Salvation” conservavam o lado “Happy, Happy Helloween”, enquanto “Escalation 666” e “Mirror, Mirror” mostravam novas possibilidades para o grupo caso o trabalho tivesse vingado. Mesmo as faixas com pegada mais próximas do Hard Rock, como “The Departed (Sun Is Going Down)” – minha preferida – ofereciam uma amostra do aspecto mais sério das composições.

Dois singles foram lançados, para a dramática “If I Could Fly” e a já citada “Mr. Torture”. The Dark Ride foi o último trabalho do Helloween com Roland Grapow e Uli Kusch, que sairiam para formar o Masterplan (não sem antes uma lavação de roupa suja em público tendo Grapow de um lado, Deris e Weikath do outro, que o Brasil pôde conferir de camarote via Rock Brigade). Até hoje seu estilo divide opiniões junto aos fanáticos pelas abóboras germânicas. Então, o melhor a fazer é conferir e formar a sua. Eu fico do lado de quem vê coisas positivas nele.



Andi Deris (vocals)
Michael Weikath (guitars)
Roland Grapow (guitars)
Markus Grosskopf (bass)
Uli Kusch (drums)

01. Behind The Portal
02. Mr. Torture
03. All Over The Nations
04. Escalation 666
05. Mirror Mirror
06. If I Could Fly
07. Salvation
08. The Departed (Sun Is Going Down)
09. I Live For Your Pain
10. We Damn The Night
11. Immortal
12. The Dark Ride
13. The Madness Of The Crowds (Japanese bonus)

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

11 comentários:

Anônimo disse...

Helloween – The Dark Ride [2000]

52 MB
128 kbps

http://www.multiupload.com/D1B8XGBHGQ

Rex Niskke disse...

nao acho esse um disco ruim,insclusive acho os dois singles, duas grandes musicas dos aboboras,tanto que foi graças a if i could fly,que acabei correndo ir atras de conhecer a banda de verdade,ja que as poucas muscias que eu avia escutado antes nunca avia me chamado mto a atençao

Anônimo disse...

Gostei e concordo plenamente com a resenha! Também sou "dos que veêm coisas positivas" e adoro esse play do Helloween! \o

Isaac disse...

Esse é um dos grandes exemplos de como o preconceito pode afetar a experiência de ouvir um bom disco de metal.
Que todos possam valorizar este play como ele merece: um grande registro do Helloween

Marcel disse...

Gosto bastante desse disco, e achei uma pena quando o Grapow e o Uli saíram da banda...

Anônimo disse...

O Dark Ride é o melhor disco do Helloween.

AlBassPlayer disse...

Pra reclamar deste ou de outros plays do Helloween pós-Kiske, somente as viuvinhas do Kiske mesmo. Dark Ride é um dos melhores da carreira dos abóboras. O Helloween é daquelas bandas que não tem nada de ruim. Altos e baixos, um disco melhor que o outro, pode ser, mas alguém dizer que algum disco deles é ruim ou não presta (independente da fase ou formação) só pode ser um alienado ou não entender nada de música mesmo.

Artur Fox disse...

pqp...esse album é uma merda! horrendo! Eu tinha ele no meu computador, estava disposto a deleta-lo, todavia, quiz dar justiça ao album e ouvi-lo...

Eu esperava um album soturno, sombrio, todavia, vi um metal melodico,nojento,desprezivel...Talvez a aversão q tenho por esse album e por todos os outros do helloween - com exceção do Walls of jericho - se deva ao fato de ser fã de folk e death metal. Mas eu gostaria muito q o heloween continua-se sendo aquele bom e fodido speed metal do primeiro album...

Lucas disse...

Não vejo nenhum problema com esse álbum. Na minha opinião esse é o último grande álbum do Helloween, depois dele, só lançaram cds medianos !!!

jesusbiblio disse...

e bem dark mesmo, mas muito bom !O helloween tem momentos bem peculiares, que na maioria das vezes sao grandes momentos.

jesusbiblio disse...

e bem dark mesmo, mas muito bom !O helloween tem momentos bem peculiares, que na maioria das vezes sao grandes momentos.