Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 20 de setembro de 2011

House Of Lords – Big Money [2011]


O House Of Lords tem se mostrado um conjunto incansável nos últimos anos. Cinco álbuns num período de sete anos é uma média muito alta para a atual realidade. Vale ressaltar que todos os discos mantêm um alto padrão de qualidade, não sendo apenas lançamentos para cumprir contrato.

O oitavo da discografia do grupo, “Big Money”, ainda não saiu - só chegará às lojas europeias em 23 de setembro e quatro dias depois nas norte-americanas. Mas o registro vazou, para a felicidade dos fãs. E, mais uma vez, a trupe de James Christian não decepcionou.

“Big Money” é um grande álbum de Hard Rock melódico. A forte tendência para o AOR que o House Of Lords sempre teve continua firme e forte, bem como o peso do trabalho instrumental impecável do guitarrista Jimi Bell, do baixista Chris McCarvill e do baterista BJ Zampa. Sempre grandiosa, a performance do cantor e compositor James Christian se sobressai. Como um bom vinho, Christian melhorou ao envelhecer: preservou sua potente voz e evoluiu em suas composições.



A faixa título abre com um andamento pesado e um refrão cativante. James começa endiabrado e Jimi destila um ótimo solo de guitarra. One Man Down tem um início acústico e leve, mas se transforma numa paulada poderosa. Um dos grandes destaques, First To Cry é melódica e grudenta - seu refrão é realmente grandioso. Em seguida, a faixa escolihda para ser o primeiro single. Someday When não tem tanta força para ser o primeiro single, como foi. Não deixa de ser uma boa canção, mas não está entre as melhores.

Searchin' apresenta o mesmo andamento e as mesmas características das faixas anteriores. Living In A Dream World muda o cenário um pouco, trazendo vocais mais agudos e mais peso no instrumental. A linda balada The Next Time I Hold You segue os padrões de qualidade do House Of Lords, regida por teclados e uma interpretação de James Christian recheada de feeling. Dando sequência, tem-se Run For Your Life, também pesada, mas sem perder a essência melódica. Hologram tem um riff que tatua “80’s” na mente do ouvinte. Entraria facilmente no debut do conjunto, de 1988.

Seven é sensacional, alterna entre momentos grudentos, com presença de teclados e backing vocals, e pesados, com a liderança da guitarra de Bell. O fechamento, que fica por conta de Once Twice e Blood, canções com um senso melódico grandioso e refrães maravilhosos, como sempre. “Big Money” promete estar no Top 10 dos fãs de Hard melódico, apesar de não trazer inovações nem mudar a vida de ninguém.

01. Big Money
02. One Man Down
03. First To Cry
04. Someday When
05. Searchin’
06. Livin’ In A Dream World
07. The Next Time I Hold You
08. Run For Your Life
09. Hologram
10. Seven
11. Once Twice
12. Blood

James Christian – vocal, teclados
Jimi Bell – guitarra
Chris McCarvill – baixo, backing vocals
BJ Zampa – bateria, backing vocals

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

17 comentários:

Anônimo disse...

House Of Lords – Big Money [2011]
(89,7mb ~ 256kbps)

Download Link:

http://www.multiupload.com/KJR7DR6057

Anônimo disse...

Muito bom! Não conhecia a banda e me impressionei!

Gabriel disse...

Gostei da música do vídeo. Vou baixar, depois opino!

Rafael (Melão) disse...

Opa!!! House of Lords é sempre bom!!! To baixando!!! Valeu Combe!

Dynasty disse...

Parabens pelo resenha.

O House Of Lords tem se mostrado uma grande banda de Hard. Em Cartesian Dreams eles já estavam muito bem. E mantiveram o nível neste album. Parbens pelo post.

Anônimo disse...

Já baixei e ouvi, tá muito bom o álbum, bem melhor do que o último! House of Lords rlz e James Christian canta pra carvalho! Vlw pelo post!

Eduardo Paiva disse...

Grande resenha!
Baixando!
Valeu Silver!

Anônimo disse...

amazin

Anônimo disse...

hol

ZORREIRO disse...

Caro Silver. Nunca subestime um álbum de rock, pois os discos mais simples mudaram a vida de várias pessoas. Alguém será atingido por este aqui, com certeza.
Grande post, e a resenha instigou a conhecer o som. Pelo clipe parece ser o bom e velho House of Lords.
Abs

Anônimo disse...

se for do mesmo nivel do anterior com certeza vai ser bom, vamos conferir...

Silver disse...

Zorrão, não estou subestimando. O disco é bom. Mas ele vai cativar fãs de Hard melódico e vai ser indiferente para quem não é fã do estilo. Discos como os 3 primeiros e o Come to my Kingdom podem sim mudar vidas, já esse eu duvido bastante.

Alceu disse...

Opa! Baixando esse tbm! Hoje a coisa tá boa por aqui heim?!

Gabriel disse...

Dei uma ouvida, gostei bastante. Qualidade acima da média. E quanto a resenha, tão impecável como o disco.

Landy disse...

Nossa!!! tava loko por esse CD cara! Conheço a banda (claro) e adoro o som dos caras...sempre foi muito boa...confesso que não ouvi os últimos CD´s mas conheço bem os anos dourados da banda!! Ja estou baixando e ansioso! OBS: adoro essa gravadora! Lança todas as bandas que eu mais amo!

Anônimo disse...

Muito bom. Mas ainda acho que o album "World Upside Down" gavado lançado em 2006, ainda é melhor. Valeu pela link. Abraços a todos.

snakeboy disse...

great review of a great album. Thanks for the post.