Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

V.A. – Metallica: A Tribute To the Black Album [2011]


Falar sobre a importância história do álbum auto-intitulado do Metallica é chover no molhado – e isso exclui a opinião pessoal de cada um sobre o trabalho. O disco mais vendido da era Soundscan (órgão que desde o início dos anos 1990 monitora a comercialização de discos nos Estados Unidos) conquistou uma enorme e nova legião de fãs para a banda. Para quem viveu a época da consagração de James, Lars, Kirk e Jason, nem parece que tanto tempo já passou, mas o play já completa 20 anos de lançamento. Muita coisa mudou nesse tempo, mas sua sonoridade continua atual e ultrapassou gerações e modismos que sucumbiram.

Celebrando o momento, a revista Metal Hammer preparou um tributo especial, que vem com a edição de setembro. Chamou bandas das mais variadas vertentes da cena Heavy e organizou essa homenagem a todas as faixas do Black Album. A única já conhecida é a de Lemmy Kilmister para “Enter Sandman”. Todas as outras são inéditas e reservam muitas surpresas. E algumas esquisitices no caminho, ou alguém imaginava solo de harmônica em “Sad But True”. Sorte que o The New Black fez isso dentro de uma coerência. Já o Callejon deu uma acelerada em “Wherever I May Roam” que pode soar estranha aos ouvidos mais puristas, mas inegavelmente funcionou enquanto música.



No lado mais melancólico do play, temos o Dark Age com uma interpretação toda pessoal para “The Unforgiven”, transformando totalmente do dedilhado da introdução até o andamento. Já a musa Doro Pesch deu uma injeção de peso sem descaracterizar o andamento de “Nothing Else Matters” em uma das melhores versões. O Finntroll coloca sua marca registrada – que sempre causa opiniões radicais e díspares – em “The God That Failed”. Para encerrar, temos o Sodom sendo Sodom em “The Struggle Within”, com Tom Angelripper impondo seu registro vocal com maestria.

Esse tipo de iniciativa sempre desperta amores e ódios em níveis bem extremos. Mas a Metal Hammer acertou a mão na maior parte das escolhas, oferecendo um play variado a dinâmico, mostrando que a influência do Metallica ultrapassa um estilo e o Black Album atingiu não apenas as novas bandas, como também artistas contemporâneos.

01. Enter Sandman (Lemmy)
02. Sad But True (The New Black)
03. Holier than Thou (DevilDriver)
04. The Unforgiven (Dark Age)
05. Wherever I May Roam (Callejon)
06. Don’t Tread on Me (I.C.S. Vortex)
07. Through the Never (Neaera)
08. Nothing Else Matters (Doro)
09. Of Wolf and Man (Motorjesus)
10. The God that Failed (Finntroll)
11. My Friend of Misery (Borknagar)
12. The Struggle Within (Sodom)

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

7 comentários:

Anônimo disse...

V.A. – Metallica: A Tribute To the Black Album [2011]

130 MB
320 kbps

http://www.multiupload.com/7BIIY93AXS

Ricardo Brovin disse...

Jay arrebentando!!!parabéns...com tantos post foda me sinto na obrigação de comentar e exaltar o trabalho da equipe!!!valeu combe!!!

xXGugaXx disse...

opa, novinho !!! baixando !!!

leo86hc disse...

opa valeuu! abraço

Junior disse...

Show, so posso dizer isso, muito show

maisquevencedor disse...

É o album que menos gosto do Metallica, mas preciso ter isso!!! Obrigado.

Ðaltøn Magnetic disse...

Mais que por obrigação, tem que fazer parte da minha coleção!
Valeu, galera do Kombão!