Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Hellyeah - Hellyeah [2007]


Um dos melhores supergrupos dessa década, o Hellyeah pode ter o monstro e gênio Vinnie Paul comandando as baquetas, mas nada em seu mais recente projeto soa como uma cópia do glorioso Pantera, apesar de apostar também no peso e na porrada, o que já é tradicional em se tratando do baterista. A formação é constituída por grandes nomes do Metal Moderno: o vocalista Chad Gray, conhecido por seu trabalho no Mudvayne, o baixista Jerry Montano, Tom Maxwell (Nothingface) e Greg Tribett (ambos guitarristas), este último também do Mudvayne.

Como meu amigo Zorreiro já ficou no encargo de trazer aos passageiros o magnífico Stampede, resta a mim disponibilizar a vocês o debut auto-intitulado do grupo, tão magnífico quanto seu sucessor. Esse aqui tem uma diferença notável se o compararmos com o lançamento de 2010: a influência do Southern é menor, havendo mais momentos pauladas do que qualquer outra coisa no álbum. Tudo isso com uma pegada moderna, mas sem soar pop; ao contrário.


A abertura explodirá seus ouvidos. O single "You Wouldn't Know" traz uma essência cadenciada, com bons riffs e vocais versáteis. Um Heavy pesado com doses cavalares de Groove. "Matter of Time" e "Waging War" são as mais porradeiras, com a última sendo a minha preferida. "Alcohaulin' Ass" é a primeira onde aparece a influência do Southern, com slides muito bem colocados. Novamente, Chad Gray mostra sua versatilidade de maneira perfeita.



Eu também não poderia deixar de mencionar "Rotten to the Core", que tem uma receita que promete agradar quem gosta de um Groove. Já "Thank You" traz uma atmosfera mais pessoal para cada membro do grupo (especialmente para Vinnie Paul), já que a balada é uma homenagem aos familiares e amigos que se foram. Nunca vou me conformar com a morte do Dimebag, só pra constar.

Um grande disco que não pode passar em branco, principalmente por aqueles que acham que boa música não é mais feita nos dias de hoje. Recomendado ao máximo!


Chad Gray - vocais
Greg Tribett - guitarra
Tom Maxwell - guitarra
Vinnie Paul - bateria
Jerry Montano - baixo

01. Hellyeah
02. You Wouldn't Know
03. Matter of Time
04. Waging War
05. Alcohaulin' Ass
06. Goddamn
07. In the Mood
08. Star
09. Rotten to the Core
10. Thank You
11. Nausea
12. One Thing

Por Gabriel

Link nos comentários!
Link on the comments!


5 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?djxq1ra28t6llyi

Isaac disse...

É um grande álbum e que todos devem conferir!
Valeu Combe!

Anônimo disse...

otimo album, parabens pelo post!

ZORREIRO disse...

Meu caro Gabriel, que grata surpresa me proporcionastes.
O primeira do Hellyeah trouxe uma grande promess do metal. E o stampede não decepcionou.
Grande resenha! Chapei.

mateusgrazina disse...

Caara, fiquei no interior de Ohio e os rednecks amavam Alcolhaulinass!