Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Cinderella – Live At The Key Club [1999]


Em tempos bicudos do Hard Rock, a solução das bandas do estilo era recorrer a lugares menores, onde seu público fiel ainda os aguardava – além do interior norte-americano, que garante um bom sustento com seus rodeios e festivais. E foi assim que o Cinderella decidiu registrar sua passagem pelo lendário The Key Club, em Los Angeles. Aliás, essa é uma legítima volta aos velhos tempos, já que o espaço foi onde a maioria dos grupos da geração oitentista começaram. Com o público bem perto e um clima intimista, temos um típico show de Rock and Roll, transbordando energia, sem muita produção, apenas som direto e na cara.

Não é segredo que nesta época Tom Keifer ainda enfrentava problemas com sua voz. Mas ele faz seu papel de maneira louvável, sabendo contornar os percalços com a categoria que só um dos grandes de sua era possui. Isso fica ainda mais claro na trinca acústica do meio da apresentação, com destaque para a versão lenta de “The Last Mile”, tão boa quanto a original – apenas diferente. No mais, é aquele desfile de Rockões com pegada emblemática e execução primorosa. Claro que não poderiam ficar de fora as inevitáveis baladas “Don't Know What You Got (Till It's Gone)” e “Nobody's Fool”, capazes de fazer o mais radical dos radicais perder a vergonha e cantar com o coração saltando pela boca.

Então, baixe e sinta-se em um clube com meia-dúzia de gatos pingados e uma das melhores bandas dos anos 1980 detonado grandes clássicos de sua carreira diante de seus olhos. O CD teve várias reedições posteriores com nomes e capas diferentes, apesar de conteúdo igual. Mas esse aqui é o original, lá de 1999. Sim, do século passado! Não é incrível isso?

Tom Keifer (vocals, guitars, piano)
Jeff LaBar (guitars)
Eric Brittingham (bass)
Fred Coury (drums)

Special Guest
Gary Corbett (keyboards)

01. The More Things Change
02. Push, Push
03. Hot and Bothered
04. Shelter Me
05. Night Songs
06. Somebody Save Me
07. Heartbreak Station
08. The Last Mile
09. Coming Home
10. Fallin' Apart at the Seams
11. Drum Solo
12. Jam
13. Don't Know What You Got (Till It's Gone)
14. Nobody's Fool
15. Gypsy Road
16. Shake Me

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

15 comentários:

Anônimo disse...

Cinderella – Live At The Key Club [1999]

95 MB
192 kbps

http://www.multiupload.com/LL9XW421K8

Gabriel Henrique disse...

Cinderella é uma puta de uma banda, a galera tem preconceito, por causa do nome.

issoéumaputafaltadesacagem ! kkk

Anônimo disse...

boa postagem

Anônimo disse...

Cinderella é muito foda. Tom Keifer é gênio!

Alceu disse...

Opa! Baixando já! Valeu o post! Cinderella é o q há! Ainda vou ter que ver esses caras ao vivo...

Área Rock'N Roll disse...

Pessoal da Combe o Iommi,

Convidamos vocês a participarem da Área Rock'N Roll, que é um blog divulgador que compartilha conteúdo de blogs de rock e de música em geral.

Para participar, basta confirmar uma parceria com a gente. E cremos que não será difícil acertarmos isso, porque a equipe da Área conta com a participação do blogueiro Guilherme Manchini, dono do blog Destroyer, e que também foi o idealizador do projeto da Área Rock'N Roll que tem dado bastante certo aqui na blogosfera.

Como vocês já são parceiros do Destroyer espero que vocês possam colaborar conosco.

Para participar da Área, é muito simples. Basta dar uma lida nos links a seguir e entrar em contato confirmando a parceria. Iremos precisar também que enviem um banner do blog para o e-mail arearocknroll@gmail.com para que possamos incluir em nossa página.

Seja parceiro da Área
http://areadorocknroll.blogspot.com/p/seja-nosso-parceiro.html

Envie seus links
http://areadorocknroll.blogspot.com/p/envie-seu-link-aqui.html

Aguardamos a resposta de vocês

Abraços

Equipe da Área Rock'N Roll

Samuel Santos disse...

afudê velho afudê som ducaralho

AlBassPlayer disse...

Como rezo pra que estes caras voltem a lançar algo inédito pra ensinar como se faz o verdadeiro Hard Rock que tanto nos faz falta hoje em dia...

Natan Vieira disse...

Realmente é uma espera sem fim pra ouvir novas canções desse gênio chamado Tom Keifer,mas ceio que deve fatalmente aparecer nos próximos anos...
Quanto tempo não sou obrigado a baixar os 3 ultimos posts da combe, hoje voltei a ser um sugador sem bergonha. xD

ZORREIRO disse...

Sempre curti tudo do Cinderella.
Esse post não foge à regra.
Banda excelente.
E, Gabriel Henrique, creio que não seja preconceito.
Que raio de nome de banda é esse? De onde eles tiraram isso, meu Deus?
Abraço

A Sombra do 79 disse...

Sem dúvidas Cinderella, não foi o melhor nome, pelo menos no que dizemos como chamariz para novos ouvintes. Eu mesmo fui resistente, até ser flexado pelo riffs matadores e o hard vigoroso dos caras... muito bom, muito bom... bela escolha... to ansioso pra ouvir essa bolacha.

abraços

Anônimo disse...

uma grande postagem de uma grande banda.

luiz.

Eduardo Paiva disse...

Cinderella é uma das minhas bandas favoritas! Esse álbum gravado no Key Club deve estar espetacular!
Baixando!
Valeu, Jay!

"Ainda vou ter que ver esses caras ao vivo..." (2)

Anônimo disse...

Ouvi esse som aí, devidamente baixado e apreciado. É de responsa, tem categoria e não deve faltar no player do verdadeiro rocker.
Eu, que sou avesso ao visual "cachorrinho de madame que vai ao shopping", achei sensacional o nome Cinderella, e prova que há um sarcasmo saudável para quebrar o estigma do Hair Metal que se pretenda sério. Se bem que eu vejo essa banda como uma das mais carrancudas do pedaço, mas na hora de debulhar o Hard Rock + Blues + Heavy Metal, poucas bandas cumprem o que prometem, e o "Cindy" é uma dessas bandas que praticam o que há de melhor na música.
Sabem dosar o peso com melodia, passagens tristes com raivosas, e tudo sempre bem executado, bem interpretado.
O beiçola Tom continua arranhando a voz, mas achei muito bacana a parte limpa do vocal dele, talvez um novo trabalho com mais faixas assim possa atingir uma audiência maior, pode estar aí uma certa relutância do público quando se ouve um Brian Johnson menos velhinho.
Não acho ruim, mas parece que ao adotar esse estilo de cantar, o Tom pode ter perdido uma boa chance de se tornar um vocalista mais versátil, e proporcionar mais fãs para a banda.
Algumas músicas como "Night Songs" ficam perfeitas com a voz arranhada. Mas ouvindo várias canções nesse padrão vocal, meio que cansa um pouco os ouvidos.
Isso é só uma observação minha, não é uma crítica feroz.
Gosto dessa banda e tive os dois primeiros em vinil. Creio que devido à facilidade de encontrar seus trabalhos possa facilitar uma nova audiência para essa ótima banda. Que lancem algo novo, já!

Long Live Rock'n'Roll"

Anônimo disse...

muito foda esse ao vivo. Acabei de baixar e ouvir, ainda estou muito impressionado com a qualidade do play: otima gravacao, otima performance da banda, parece que estamos vendo uma banda q nao deve, em questao de perfomance, nada para seus tempos de auge, na nossa frente com uma qualidade de som impressionante. Muito bom, um dos melhores posts ever da Combe. Valeu !!