Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Aerosmith – Get Your Wings [1974]


As vendas abaixo esperado do debut exigiam uma postura diferente do Aerosmith para o seu próximo disco. Não são todas as bandas que se tornam sucesso instantâneo e, no caso da trupe de Boston, o êxito comercial funcionou como uma verdadeira “escalada” para a fama.

Gravado de 1973 para 1974, “Get Your Wings” traz a mesma essência do antecessor, no entanto apresenta diferenças primordiais para que a própria banda conseguisse maior repercussão. Logo de cara, nota-se a melhor produção do registro, assinada por Jack Douglas, também responsável por produzir os próximos quatro discos. As composições têm maior identidade e Steven Tyler, finalmente, adotou o estilo de voz que o consagrou como um dos maiores vocalistas do Rock – apesar da nítida ausência de drives.



Musicalmente, a identidade foi encontrada quando se considera a linearidade do registro. Diferente de seu antecessor, “Get Your Wings” não é do tipo de disco que dá tiros para vários lados: o foco é o Hard Rock com pitadas de Blues e de Rock clássico, desde as timbragens dos instrumentos até as progressõs musicais empregadas. Talvez a única exceção à regra seja S.O.S. (Too Bad), por sua batida rápida, mas o estilo não foge das demais apenas pela aceleração.

A repercussão, novamente, não foi grande como se esperava. O disco atingiu uma modesta 70ª colocação nas paradas norte-americanas, entretanto Same Old Song And Dance chegou ao posto de número 54 nos charts gerais de singles. Apesar de sua qualidade diferenciada, “Get Your Wings” é mais reconhecido por ser um “laboratório” para o arrasa-quarteirões “Toys In The Attic”, lançado um ano depois. Os destaques do play vão para a clássica Same Old Song And Dance, o cover Train Kept-A-Rollin', a bela Seasons Of Wither e a divertida Woman Of The World.



01. Same Old Song and Dance
02. Lord of the Thighs
03. Spaced
04. Woman of the World
05. S.O.S. (Too Bad)
06. Train Kept A-Rollin'
07. Seasons of Wither
08. Pandora's Box

Steven Tyler – vocal
Joe Perry – guitarra, backing vocals
Brad Whitford – guitarra
Tom Hamilton – baixo
Joey Kramer – bateria, percussão

Músicos adicionais:
Michael Brecker – saxofone tenor em 1 e 8
Randy Brecker – trompete em 1
Stan Bronstein – saxofone barítono em 1 e 8
Jon Pearson – trombone em 1
Ray Colcord – teclados em 3

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

6 comentários:

Anônimo disse...

Aerosmith – Get Your Wings [1974]
(52,3mb ~ 192kbps)

Download link:

http://www.multiupload.com/QC0IER8YP0

Gabriel disse...

Concordo com tudo que você disse na resenha. Outra pérola perdida do Aero.

Vinicius799 disse...

Curiosidade: as guitarras não foram tocadas por Joe Perry e Brad Whitford como diz a ficha técnica. A Columbia achava que os 2 guitarristas eram muito "crus", bons ao vivo mas ainda despreparados para gravações... então chamaram Dick Wagner e Steve Hunter (ambos trabalhavam com Alice Cooper na época) para gravar o disco com os mesmos riffs, licks e solos que Joe e Brad tocavam ao vivo. O próprio Dick Wagner coloca o disco na sua discografia em seu site http://www.wagnermusic.com/discography.htm

Guilherme M disse...

Quando eu ouvi o primeiro disco do Aerosmith achei um puta som, esse foi bem fiel e também acho indispensável. O único problema do Aerosmith foi que ao longo dos anos suas baladas foram ficando mais melosas e melosas, com exceção de algumas, Crazy por exemplo é maravilhosa. Na minha opinão só voltou a me chamar atenção depois dos ouros anos 70 no final da década de 80 com Pump.

Agradeço pelo interesse e vou fazer o post de sua banda, Obrigado e estamos ai, na luta de divulgar o bom e o velho Rock N Roll.. Até mais e te aviso quando publicar..Parabéns também pelos seus trabalhos...

http://destroyerockcity.blogspot.com

lucas disse...

É estranho escutar a voz do Steve nessa época porque era muito limpa muito diferente de hoje em dia(que eu considero melhor com os drives e talz, mas o disco com certeza é excelente

Anônimo disse...

Cara, parabéns pela banda "Perverse". O som é demais.