Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Savoy Brown – Looking In [1970]


Continuando a saga setentista, trago a promessa realizada quando postei o Fool For The City do Foghat: Savoy Brown, a banda que trouxe ao mundo 3 membros daquela maravilhosa instituição britânica do blues rock que compôs Slow Ride.Obviamente também britânicos, o Savoy Brown nunca teve grande repercussão na mídia, mas sempre fez um som de extrema qualidade. O Savoy Brown foi idealizado pelo guitarrista/ tecladista Kim Simmonds e, após uma infinidade de troca de músicos, permanece ativo ainda hoje. O disco Looking In é o sexto trabalho de estúdio dos caras, e o que traz o trio Stevens, Earl e Peverett (Foghat) na sua formação.
Lançado em 1970, esse disco traz uma banda buscando o estrelato a todo custo. Os anos 60 haviam ficado para trás e tudo o que restava era tentar se adequar ao novo padrão de rock pesado com fortes influências do blues. Mas o disco tem uma certa atmosfera que lhe confere vida própria, fugindo dos velhos clichês do gênero. Money Can’t Save Your Soul mostra que os teclados de Simmonds davam o tom na banda. Era o pé cravado nos recém findos anos 60.



Se você assiste o seriado House, me responda se não é o tipo de som que rola no fundo quando o médico chega em casa, senta-se no seu piano e toma um Vicodim pra acalmar os nervos. Um tipo de som que não se ouve hoje em dia, com a banda crescendo e respeitando as dinâmicas que a música pede. Lindo! Take It Easy é blues, puro. Mais uma atmosfera low fi que mostra o talento do grupo, a química perfeita. Poor Girl traz os riffs de guitarra como foco, assim como Leavin’ Again. Francamente, nunca entendi por que os caras não emplacaram. O som é perfeito e tem todos os ingredientes. Mas isso pode ser um estímulo ao bom e velho garimpo.





O disco encerra com Romanoff, um climão instrumental que, em conjunto com a também instrumental Gypsy, que abre o disco, mostra a ideia e o conceito de começo, meio e fim.

Depois disso veio o Foghat e o Savoy Brown nunca mais conseguiu repetir a fórmula. Mas o que vos apresento aqui é um diamante. Garimpo traz uma agradável sensação de descoberta e de dever cumprido. Enjoy.

Track List

1. "Gypsy"
2. "Poor Girl"
3. "Money Can't Save Your Soul"
4. "Sunday Night"
5. "Looking In"
6. "Take it Easy"
7. "Sitting an' Thinking"
8. "Leavin' Again"
9. "Romanoff"

Kim Simmonds (guitarra e piano)
Lonesome Dave Peverett (vocais e guitarra)
Roger Earl (bateria)
Tone Stevens (baixo)
Owen Finnegan (congas)

Link nos comentários
Link on the comments

Por Zorreiro

6 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?bjb73p22o69ok17

Ricardo Brovin disse...

Raridade!!!!parabéns pelo post...

Ruben Pimentel disse...

Obrigado, garimpar raridades é comigo mesmo.

Anônimo disse...

Cara! Só agora percebi a profissão ideal pra mim....grimpeiro sonoro...hehehe...valeu pelo post raro!!!!! Aliás estou atrás da coleção de Doc Holliday, poderia postar algo???

Anônimo disse...

Alguém saberia traduzir o nome dessa banda ou pelo menos o que ele quer dizer, a que ele se refere?????

Jody Frosty disse...

cara, sempre torci um pouco o nariz pra esse Savoy Brown, mas é esquesito que com o tempo eu tenho gostado cada vez mais. Esse eu ainda não ouvi!

Brigadão pelo post!