Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Motörhead - On Parole [1979]

O meu post hoje é sobre o álbum que deveria ter sido o primeiro LP do Motörhead, banda que já foi postada no blog várias vezes e que eu creio que todos aqui devem conhecer, né?

Enfim, "On Parole" tem uma história um tanto quanto curiosa. Como todos os fãs da banda sabem, Lemmy era do Hawkwind, antes de formar o Motörhead. E por Lemmy ter uma associação com o Hawkwind, ele ainda pertencia ao cast da gravadora United Artist, lá por 75 e 76, quando o Motörhead foi formado. Sendo assim, decidaram entrar no estúdio para gravar "On Parole", que seria seu álbum de estréia.

Assim que "On Parole" começou a ser gravado, já houve mudanças na formação: o baterista original, Lucas Fox, foi substituído por Phil "Philty Animal" Taylor, que acabou regravando a bateria de algumas músicas de Lucas Fox, e Larry Wallis, guitarrista original, decidiu sair quando o "Fast" Eddie Clarke foi convidado para fazer algumas bases. Larry não gostou da idéia de ter dois guitarristas na banda e saiu no meio das gravações. Taí o motivo de no LP ter dois guitarristas creditados. Só não lembro em quais faixas o Fast Eddie tocou guitarra nem em quais o Larry que tocou...

O álbum foi gravado, então, mesmo com essas mudanças na formação. Mas, como os caras da United Artist eram uns frescos do caralho, acabaram não aprovando o álbum e ele ficou mofando nos arquivos até 1979, quando a gravadora decidiu lançar o álbum ao ver que o Motörhead estava fazendo um relativo sucesso com os álbuns "Bomber" e "Overkill".

Depois das gravações desse álbum e alguns shows que foram bem ruins, eles quase (quase) acabaram, porém, decidiram gravar um single (que teria as músicas "Motörhead" e "City Kids") para ao menos deixar um registro sonoro. Felizmente, o resultado desse single foi tão bom que eles decidiram gravar um álbum e daí saiu o "Motörhead" em 1977, e a partir daí, todos já sabem...

Quanto ao álbum em si, "On Parole" apresenta um Motörhead um tanto quanto diferente do que o que estamos habituados a ouvir, mas não por isso deixa de ser bom. Pelo contrário, eu acho o "On Parole" um dos melhores discos da banda. O Motörhead apresentado aqui mostra muita influência do rock dos anos 70 e também uma certa influência punk, e canções mais lentas e mais "toscas" em relação ao que a banda gravou depois. Porém, o som já é cru e tem a sua agressividade. Não sei porque diabo os caras da UA não curtiram esse álbum. Deviam ser uns frescos do caralho!

Enfim, pra quem não tem esse registro, vale a pena baixar! Porém não recomendo pra quem quer conhecer o Motörhead. Recomendo pra quem já curte mesmo! Destaques para "Motörhead", "On Parole" (música GENIAL), "Vibrator", "Iron Horse/Born to Lose" (que aqui apresenta uma versão BEM diferente, porém mesmo assim muito legal), "City Kids" e o cover de "Leaving Here", que eu não sei de quem é, mas sei que é cover...hahahaha.

1. Motörhead
2. On Parole
3. Vibrator
4. Iron Horse/Born to Lose
5. City Kids
6. The Watcher
7. Leaving Here
8. Lost Johnny
9. Fools
10. On Parole (versão alternativa)*
11. City Kids (versão alternativa)*
12. Motörhead (versão alternativa)*
13. Leaving Here (versão alternativa)*

* = faixas bônus

Link nos comentários
Link on the comments

Maurício Knevitz

9 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?m41qwm5odamicmj

Anônimo disse...

Quantas capas "On Parole" tem????

Maurício Knevitz disse...

Putz, tem trocentas! hahaha
Eu postei essa que é a do meu LP, mas tem muitas outras, a do CD que eu tenho é simplesmente o mascote deles escrito "Motörhead" em cima e "On Parole" embaixo. Mas independente disso, esse disco é do caralho!

Anônimo disse...

é muito bom mesmo, o cd que eu tenho é da capa branca com o mascote, deve ser igual oque vc tem.
eu curto muito esse e o "Motörhead". apesar de todos ser FODAS!

jantchc disse...

hahaha..

gostei do motivo pra gravadora não ter lançado o cd..

"frescos do caralho"....

deviam ser uns cagalhões..

Bruno Gonzalez disse...

Motörhead é indispensável! Deveria ter uma matéria na escola só para estudá-los. Algo como "Motörheadiologia" UAHUHAUHAUHAHUAUH...

Bruno Gonzalez disse...

E o da capa branca, é o remaster de 2002.

Gabriel L. F. Krüeger disse...

Gravadora fresca mesmo! Puta porrada nos ouvidos! Knevitz sempre postando sons bons pra caralho!

Eduardo André disse...

eu não conheço muito o Motorhead, só conheço esse album e o Bomber, mas as musicas do On Parole são muito boas! Eu recomendaria esse album pra quem jáé fã e pra quem ainda não é. A música Fools é a minha favorita.