Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 25 de dezembro de 2010

AC/DC - Discografia [1976-2008]


Postagem mais do que especial para todos os visitantes. Com vocês, a discografia do AC/DC!
E tenham todos um FELIZ NATAL!

(Todos os links nos comentários - all links on the comments)

PS: os links repetidos já foram consertados e todos estão disponíveis a partir do 10° comentário.


O AC/DC é uma banda que pode ser resumida por números. Não descrita, mas resumida: 37 anos em atividade, mais de 200 milhões de álbuns vendidos, sendo quase 50 milhões delas correspondente ao álbum "Back In Black", de 1980. Aliás, "Back In Black" é o segundo disco mais vendido da história da música, ficando para trás apenas de "Thriller", de Michael Jackson. 91 discos de platina vindos apenas dos Estados Unidos e oriundos de registros de estúdio, álbuns ao vivo ou lançamentos em vídeo, entre outros, e mais uma porção de discos de ouro e platina por todo o mundo. Mais de 440 milhões de dólares arrecadados só com a última turnê, para divulgação do álbum "Black Ice". E por aí vai...

Sem dúvidas, o AC/DC é a banda mais importante da Austrália e uma das mais importantes do mundo. O quinteto exerceu forte influência em inúmeros gêneros do Rock e sua longa carreira impressiona pela consistência de seus trabalhos, que nunca foram movimentados pela "onda do momento" ou por modismos. Aproveitem essa postagem especialíssima da Combe do Iommi!

High Voltage [1976]

A discografia do AC/DC abre com "High Voltage" em dois sentidos. A verdadeira estreia dos caras foi apenas em âmbito australiano, em 1975 e com uma lista de faixas bem diferente. A versão aqui postada é de um ano seguinte, compilando canções dos dois lançamentos australianos. Tem-se aqui um Rock n' Roll simplório e básico, bem influenciado pelo Blues e com duração mais longa. Alguns elementos se modificaram ao longo do tempo (música do AC/DC com mais de 5 minutos se tornou uma injúria no futuro), mas a simplicidade e a influência blueseira persistiu. Não é nem de longe o melhor, mas marca o começo de tudo - com direito à algumas canções hoje clássicas como "T.N.T." e "It's A Long Way To The Top".

01. It's A Long Way To The Top (If You Wanna Rock N' Roll)
02. Rock N' Roll Singer
03. The Jack
04. Live Wire
05. T.N.T.
06. Can I Sit Next To You Girl?
07. Little Lover
08. She's Got Balls
09. High Voltage

Bon Scott - vocal, gaita de foles em 1
Angus Young - guitarra solo, guitarra base em 6
Malcolm Young - guitarra base, guitarra solo em 6, backing vocals
Mark Evans - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria

Músicos adicionais:
Tony Currenti - bateria em 7 e 8
George Young - baixo e backing vocals em 7 e 8


Dirty Deeds Done Dirt Cheap [1976]

Mais uma vez o AC/DC passou por lançamentos australianos e não-australianos. Dessa vez, poucas divergências na sequência de músicas. No entanto, com "Dirty Deeds Done Dirt Cheap", nota-se um amadurecimento na forma de composição. Uma visão mais comercial era abordada, tendo-se principalmente em vista o fato de que a duração da maioria das músicas passou a ser menor. O estilo começava a se consolidar e a trupe dos Young começava a ter identidade e uniformidade. As composições, sólidas, garantiram mais clássicos para a carreira do AC/DC, como "Rocker", "Problem Child" e a faixa-título. Curiosamente "Dirty Deeds" é o terceiro álbum mais vendido da discografia do grupo nos Estados Unidos, mas a bolacha só vendeu mesmo após o sucesso de "Back In Black" - atingiu a 3ª posição das paradas norte-americanas, mas em 1981! (risos)

01. Dirty Deeds Done Dirt Cheap
02. Love At First Feel
03. Big Balls
04. Rocker
05. Problem Child
06. There's Gonna Be Some Rockin'
07. Ain't No Fun (Waiting Round To Be A Millionaire)
08. Ride On
09. Squealer

Bon Scott - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Mark Evans - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria


Let There Be Rock [1977]

"Let There Be Rock" chegou às prateleiras australianas com alguns meses de antecedência, com apenas uma diferença: a versão da terra do canguru contém "Crabsody In Blue" ao invés de "Problem Child" - esta marcou presença no álbum anterior, além de uma pequena inversão de faixas. É o último lançamento com Mark Evans e um dos principais expoentes da sonoridade do AC/DC. O quinteto já começava a ter seu espaço nos Estados Unidos, mesmo que no underground, e em algumas regiões da Europa. Contém petardos do nível de "Whole Lotta Rosie", "Hell Ain't A Bad Place To Be" e a canção homônima ao play.

01. Go Down
02. Dog Eat Dog
03. Let There Be Rock
04. Bad Boy Boogie
05. Problem Child
06. Overdose
07. Hell Ain't A Bad Place To Be
08. Whole Lotta Rosie

Bon Scott - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Mark Evans - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria


Powerage [1978]

Lançado em maio de 1978, "Powerage" é o primeiro álbum a não ter divergências entre datas de lançamento em regiões diferentes - apesar da versão europeia ter "Cold Hearted Man" como adicional. Marcou a estreia de Cliff Williams, baixista que não abandonou o grupo desde então. Tem-se forte influência do Blues neste play e, com exceção de "Sin City", a maioria das faixas permaneceu ignorada em repertórios posteriores. Mas pepitas como "Riff Raff", "Rock 'N' Roll Damnation", "Gone Shootin'" e a própria "Sin City", merecem atenção dobrada.

01. Rock 'N' Roll Damnation
02. Down Payment Blues
03. Gimme A Bullet
04. Riff Raff
05. Sin City
06. What's Next To The Moon
07. Gone Shootin'
08. Up To My Neck In You
09. Kicked In The Teeth

Bon Scott - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria


If You Want Blood, You've Got It [1978]

A intenção com o lançamento de "If You Want Blood, You've Got It" era retratar a energia que o AC/DC tanto transbordava nos palcos. A performance insana, os improvisos e o sentimento nunca poderiam ter espaço em gravações enfurnadas em estúdios. O concerto gravado foi o ocorrido no teatro Apollo de Glasgow, na Escócia, em 30 de abril de 1978. Em outubro foi lançado no Reino Unido e em dezembro, nos Estados Unidos. Infelizmente, é notável que "If You Want Blood" não conseguiu absorver essa energia - provavelmente um pecado da produção, assinada por Harry Vanda e o irmão dos guitarristas Young, George Young. Mas vale a conferida.

01. Riff Raff
02. Hell Ain't A Bad Place to Be
03. Bad Boy Boogie
04. The Jack
05. Problem Child
06. Whole Lotta Rosie
07. Rock N' Roll Damnation
08. High Voltage
09. Let There Be Rock
10. Rocker

Bon Scott - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria


Highway To Hell [1979]

"Highway To Hell" carrega uma atmosfera diferenciada. Além de ser, disparadamente, o melhor da primeira fase da banda, é o último desta, já que, no ano seguinte, o vocalista Bon Scott viria a falecer. Tornou-se um clássico instantâneo e sucesso de vendas logo ao seu lançamento, atingindo altas posições nas paradas de vários países - incluindo os Estados Unidos. A inspiração é grande e não há um filler sequer: todas as faixas são aproveitáveis. A clássica faixa-título é conhecida por todos, mas vale destacar a sensual "Touch Too Much" e a frenética "Shot Down In Flames".

01. Highway To Hell
02. Girls Got Rhythm
03. Walk All Over You
04. Touch Too Much
05. Beating Around The Bush
06. Shot Down In Flames
07. Get It Hot
08. If You Want Blood (You've Got It)
09. Love Hungry Man
10. Night Prowler

Bon Scott - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria


Back In Black [1980]

O divisor de águas da carreira do AC/DC. Após a morte de Bon Scott, no começo do mesmo ano, os próprios integrantes remanescentes queriam acabar com a banda. Mas conseguiram achar o substituto perfeito: Brian Johnson, ex-vocalista do Geordie. "Back In Black", a estreia de Brian, conseguiu ter o que um disco com substituições deve ter: a essência do grupo sem copiar o passado. Era outra banda, com outro vocalista e compositor. Mas era a mesma, com o mesmo Rockão de sempre. Além disso, o êxito comercial ultrapassou tudo o que já havia sido conquistado. Hoje, o álbum é o segundo mais vendido de toda a história da música - ficando atrás apenas de "Thriller", do Michael Jackson.

01. Hells Bells
02. Shoot To Thrill
03. What Do You Do For Money Honey
04. Givin' The Dog A Bone
05. Let Me Put My Love Into You
06. Back In Black
07. You Shook Me All Night Long
08. Have A Drink On Me
09. Shake A Leg
10. Rock And Roll Ain't Noise Pollution

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria


For Those About To Rock [1982]

Apesar de "Back In Black" ser o mais vendido, apenas seu sucessor (além do mais recente, "Black Ice") conquistou a primeira posição das paradas norte-americanas. "For Those About To Rock" é, de fato, uma continuação do clássico antecessor. Segue a mesma linha de composição, apesar de não ter tantas canções marcantes como outrora. Além do clássico "For Those About To Rock (We Salute You)", que desde então fecha os shows do AC/DC, devem-se destaques à "Let's Get It Up" e "Inject The Venom".

01. For Those About To Rock (We Salute You)
02. Put The Finger On You
03. Let's Get It Up
04. Inject The Venom
05. Snowballed
06. Evil Walks
07. C.O.D.
08. Breaking The Rules
09. Night Of The Long Knives
10. Spellbound

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria

Flick Of The Switch [1983]

"Flick Of The Switch" é o álbum mais subestimado da carreira do AC/DC. Tem tanta qualidade quanto os clássicos anteriormente lançados, mas a sua produção simples não agrada os que esperavam por mais um disco refinado e sofisticado. Além disso, não tem um single em potencial, apesar de todas as músicas serem boas. O play tenta voltar às raízes no que tange a sonoridade dos tempos iniciais da banda, adotando mais simplicidade do que já era implicada nas composições. O resultado foi satisfatório, mas os empecilhos acima citados contribuíram para que "Flick Of The Switch" não obtivesse o sucesso almejado. Também é o último disco a ser gravado com Phil Rudd por mais de 10 anos. Destaques para "Rising Power", "Guns For Hire" e a faixa-título.

01. Rising Power
02. This House Is On Fire
03. Flick Of The Switch
04. Nervous Shakedown
05. Landslide
06. Guns For Hire
07. Deep In The Hole
08. Bedlam In Belgium
09. Badlands
10. Brain Shake

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo, slide guitar em 9
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria


'74 Jailbreak [1984]

"'74 Jailbreak" foi lançado em outubro de 1984 para comemorar o aniversário de 10 anos do AC/DC. Traz cinco faixas que só foram lançadas nas versões australianas dos discos "High Voltage" e "Dirty Deeds Done Dirt Cheap". O EP teve boas vendas, inclusive em território brasileiro, pois no ano seguinte o grupo faria sua lendária performance no Rock In Rio. Percebe-se maior orientação ao Blues Rock, mas com toda aquela diversão que o AC/DC até hoje proporciona aos fãs. Destaques para a poderosa "Soul Stripper" e o hino "Jailbreak".

01. Jailbreak
02. You Ain't Got A Hold On Me
03. Show Business
04. Soul Stripper
05. Baby, Please Don't Go (Big Joe Williams cover)

Bon Scott - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, guitarra solo em 4, backing vocals
George Young - baixo e backing vocals em 2, 3, 4 e 5
Mark Evans - baixo e backing vocals em 1
Peter Clack - bateria
Tony Currenti - bateria
Phil Rudd - bateria em 1


Fly On The Wall [1985]

"Fly On The Wall" é um "Flick Of The Switch" piorado. Apesar de Simon Wright, o novo baterista, ter feito a diferença - o cara não fica no tum-pá o tempo todo -, a produção assinada pelos dois Young ferrou com o trabalho. Para atrapalhar, a boa era ouvir as bandas de Hair Metal, tais como Def Leppard e Mötley Crüe, e o AC/DC não tinha nada de semelhante com esses grupos, só resgatavam mais ainda a simplicidade de outrora. Os mesmos problemas de seu antecessor marcam presença aqui, principalmente a presença de um single de impacto: os dois que foram lançados, "Sink The Pink" e "Shake Your Foundations", com certeza não eram as melhores opções.

01. Fly On The Wall
02. Shake Your Foundations
03. First Blood
04. Danger
05. Sink The Pink
06. Playing With Girls
07. Stand Up
08. Hell Or High Water
09. Back In Business
10. Send For The Man

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Simon Wright - bateria


Who Made Who [1986]

"Who Made Who" ajudou a levantar o AC/DC das "crises" sofridas com seus últimos discos. A intenção não era lançar uma coletânea, mas acabou sendo feita para ser utilizada como trilha sonora do filme "Comboio do Terror", de Stephen King. O filme foi um fiasco, mas o álbum merece atenção principalmente pelas três inéditas: a faixa-título, responsável pelo sucesso do play, e as instrumentais "D.T." e "Chase The Ace".

01. Who Made Who
02. You Shook Me All Night Long
03. D.T.
04. Sink The Pink
05. Ride On
06. Hells Bells
07. Shake Your Foundations
08. Chase The Ace
09. For Those About To Rock (We Salute You)

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Simon Wright - bateria

Músicos adicionais:
Phil Rudd - bateria em 2, 5, 6 e 8
Bon Scott - vocal em 5
Mark Evans - baixo em 5

Blow Up Your Video [1988]

"Blow Up Your Video" é o último a ter Simon Wright como baterista e a ter composições do vocalista Brian Johnson (que por aqui preparou todas as letras). Este álbum, especial nessa discografia, representa a verdadeira volta dos caras à mídia, já que estavam apagados nos últimos anos. Como o quinteto nunca teve mudanças bruscas em sua sonoridade, a alta dos caras pode ser justificada pela boa produção assinada por Harry Vanda e George Young, maior inspiração nas composições e a presença de um bom single: "Heatseeker". Outros destaques ficam para "Kissin' Dynamite" e "That's The Way I Wanna Rock N' Roll", esta também lançada como single.

01. Heatseeker
02. That's The Way I Wanna Rock N' Roll
03. Meanstreak
04. Go Zone
05. Kissin' Dynamite
06. Nick Of Time
07. Some Sin For Nuthin'
08. Ruff Stuff
09. Two's Up
10. This Means War

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Simon Wright - bateria, percussão


The Razors Edge [1990]

Se "Blow Up Your Video" marcou a volta do AC/DC para o patamar que estava, "The Razors Edge" consolidou e eternizou os australianos mais ainda como verdadeiros monstros do Rock. A inspiração aqui aumentou consideravelmente e a produção, assumida por Bruce Fairbairn, foi decisiva. A bateria, aqui assumida pelo ótimo Chris Slade, também colaborou e deu vida nova às composições - estas, assumidas pelos irmãos Young, assim como em todos os álbuns pela frente. O resto está como um bom disco do AC/DC deve estar, com a agressividade que não pode faltar. A repercussão foi boa e já vendeu 10 milhões de cópias por todo o mundo até hoje. Destaques para "Thunderstruck", "Moneytalks", "Got You By The Balls" e "Fire Your Guns".

01. Thunderstruck
02. Fire Your Guns
03. Moneytalks
04. The Razors Edge
05. Mistress For Christmas
06. Rock Your Heart Out
07. Are You Ready
08. Got You By The Balls
09. Shot Of Love
10. Let's Make It
11. Goodbye & Good Riddance to Bad Luck
12. If You Dare

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Chris Slade - bateria, percussão


Live: 2 CD Collector's Edition [1992]

Aproveitando o bom momento que passavam com o lançamento do incrível "The Razors Edge", o quinteto decidiu gravar algumas performances da turnê de divulgação do disco para o lançamento de um ao vivo. Apesar de "If You Want Blood" ser um bom live, há de se convir que "Live" é o registro definitivo do AC/DC em palco, compilando muito bem a energia de um show digno da trupe - mesmo com Chris Slade, o homem que utiliza quatro bumbos em suas performances. A versão aqui trazida é o lançamento duplo que surgiu nas prateleiras ao mesmo tempo do cd único. Logicamente, a versão dupla é a melhor, pois contém mais músicas e, obviamente, mais clássicos. Para muitos fãs do AC/DC, não há necessidade de um "greatest hits" com um ao vivo desses. Diversão pra lá de garantida!

CD 1:
01. Thunderstruck
02. Shoot To Thrill
03. Back In Black
04. Sin City
05. Who Made Who
06. Heatseeker
07. Fire Your Guns
08. Jailbreak
09. The Jack
10. The Razors Edge
11. Dirty Deeds Done Dirt Cheap
12. Moneytalks

CD 2:
01. Hells Bells
02. Are You Ready
03. That's The Way I Wanna Rock N' Roll
04. High Voltage
05. You Shook Me All Night Long
06. Whole Lotta Rosie
07. Let There Be Rock
08. Bonny
09. Highway To Hell
10. T.N.T.
11. For Those About to Rock (We Salute You)

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Chris Slade - bateria


Ballbreaker [1995]

Após uma grande turnê para divulgação de "The Razors Edge", a volta de Phil Rudd é negociada e "Ballbreaker", que conta com a produção do genial Rick Rubin, é finalmente lançado. O álbum remete à sonoridade grandiosa e até mesmo teatral dos clássicos "Back In Black" e "For Those About To Rock", com músicas de forte presença e pegada do início ao fim. Tudo às ordens! Destaques para "Hard As A Rock", "Burnin' Alive" e "Hail Caesar".

01. Hard As A Rock
02. Cover You In Oil
03. The Furor
04. Boogie Man
05. The Honey Roll
06. Burnin' Alive
07. Hail Caesar
08. Love Bomb
09. Caught With Your Pants Down
10. Whisky On The Rocks
11. Ballbreaker

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria


Stiff Upper Lip [2000]

Após um hiato de cinco anos, o AC/DC, já com status de "dinossauros do Rock", lançam o ótimo "Stiff Upper Lip", novamente com a produção de George Young. Tudo o que se pode esperar do AC/DC está aqui, e não há nenhuma decepção com qualquer aspecto do álbum. A repercussão na mídia foi satisfatória, com direito à disco de platina nos Estados Unidos, no Canadá e no Reino Unido. Destaques para "Meltdown", "Safe In New York City", "House Of Jazz" e a faixa-título.

01. Stiff Upper Lip
02. Meltdown
03. House Of Jazz
04. Hold Me Back
05. Safe In New York City
06. Can't Stand Still
07. Can't Stop Rock N' Roll
08. Satellite Blues
09. Damned
10. Come And Get It
11. All Screwed Up
12. Give It Up

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria


Black Ice [2008]

O hiato dessa vez foi maior, logo, a expectativa cresceu mais ainda. "Black Ice" começou a ser trabalhado em meados de 2006 e o álbum estava previsto para sair ao fim do mesmo ano, mas Cliff Williams sofreu uma lesão e o grupo trocou de gravadora - da Epic para a Columbia Records. A produção foi assumida por Brendan O'Brien, pela primeira vez, e o resultado foi satisfatório. De tão satisfatório, atingiu a primeira posição das paradas norte-americanas (feito conquistado apenas por "For Those About To Rock") e sua turnê teve a segunda maior arrecadação da história, ultrapassando os 440 milhões de dólares. e só perdendo para "A Bigger Bang Tour", do The Rolling Stones. Destaques para "Rock N' Roll Train", "Big Jack" e "War Machine".

01. Rock N' Roll Train
02. Skies On Fire
03. Big Jack
04. Anything Goes
05. War Machine
06. Smash N' Grab
07. Spoilin’ For A Fight
08. Wheels
09. Decibel
10. Stormy May Day
11. She Likes Rock N' Roll
12. Money Made
13. Rock N' Roll Dream
14. Rocking All The Way
15. Black Ice

Brian Johnson - vocal
Angus Young - guitarra solo, slide guitar em 10
Malcolm Young - guitarra base, backing vocals
Cliff Williams - baixo, backing vocals
Phil Rudd - bateria

(Todos os links nos comentários - all links on the comments)


by Silver

23 comentários:

Jay disse...

Só pessoas sem um pingo de caráter desaprovariam essa postagem.

Feliz Natal a todos!!!

Rex Niskke disse...

Ac/Dc Rules!!! \o/

e feliz natal a tds!!! =]

Xelbap disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel disse...

Que presentão !!

Estava procurando pela discografia do AC/DC faz tempo. Valeu

Feliz Natal !

Hairbanger disse...

nada mais justo que o natal o dia escolhido para esta postagem! Arrebentou...

Leo disse...

Show de bola! ja tenho tudo aqui e recomendo! combe kick ass!!!

Ricardo_cd89 disse...

Que presente de natal!

Anônimo disse...

Maneiro! Caraca, que presentão!

Só tem um probleminha: o link do Dirty Deeds é o mesmo do High Voltage e Let There Be Rock, Powerage e If You Want Blood também tão com o mesmo link

Anônimo disse...

caraca mano!!!
valeu hein!!!

Anônimo disse...

High Voltage [1976]

http://www.mediafire.com/?61ul3bnn04wjznn

***

Dirty Deeds Done Dirt Cheap [1976]

http://www.mediafire.com/?t4w8x4qqsqbu640

***

Let There Be Rock [1977]

http://www.mediafire.com/?84rcr60c4s3y4r8

***

Powerage [1978]

http://www.mediafire.com/?nxrc8x0lnf09xc9

***

If You Want Blood, You've Got It [1978]

http://www.mediafire.com/?tdn5dxd1bo3jimg

***

Highway To Hell [1979]

http://www.mediafire.com/?8eg9a15g7hs565i

***

Back In Black [1980]

http://www.mediafire.com/?u30x74tebsjsnvg

***

For Those About To Rock [1981]

http://www.mediafire.com/?p6zze4s0z97q7nc

***

Flick Of The Switch [1983]

http://www.mediafire.com/?65ywwm5d2ysiumg

***

'74 Jailbreak EP [1984]

http://www.mediafire.com/?pb4gaaiv19kcnyl

***

Fly On The Wall [1985]

http://www.mediafire.com/?hlbhtdr3zjl3c01

***

Who Made Who [1986]

http://www.mediafire.com/?afskk21u8d64d73

***

Blow Up Your Video [1988]

http://www.mediafire.com/?2f1do27x9uja0b6

***

The Razors Edge [1990]

http://www.mediafire.com/?5og86kukpfc7akg

***

Live - 2CD Collector's Edition [1992]

http://www.mediafire.com/?h0imne81i9jol9u

***

Ballbreaker [1995]

http://www.mediafire.com/?9igsxwz3xetd6xm

***

Stiff Upper Lip [2000]

http://www.mediafire.com/?31b8a313e2wl28p

***

Black Ice [2008]

http://www.mediafire.com/?i8vf2ht2h5430rf

JORJAOFONSECA disse...

Outro belo post, presentaço de Natal, essa é outra das bandas que se o carinha gosta, mas gosta mesmo de rock, tem que gostar muito, é obrigatório, senão tem que ouvir outra coisa, não rock

Feliz Natal a todos.

Merry Christmas, I don't wanna fight tonight!!!

Willian disse...

Fantástico! Estou ouvindo o "Live" e só posso chegar a uma conclusão: sentiremos falta desses caras quando resolverem parar de fazer boa música! Feliz Natal ao pessoal da Combe, que tornou meu ano mais divertido com tantas boas postagens! Grande abraço a todos!

fernando disse...

Caramba, que presente de natal hein!!! Valeu Combeeeeeeeee!!!

Hairbanger disse...

soh esquci de falar, fly on the wall eh um dos discos dos caras que mais curti... eh uma mistura das boas, ac/dc (que nunca desaponta) juntando forcas com o hard rock oitentista (que sempre cai bem, eu adoro). disco perfeito, todas as musicas excelentes...

ZORREIRO disse...

Não aguentei. Essa mensagem está sendo psicografada.

Aqui onde estou Deus e o Diabo tão juntos administrando o puteiro.

O primeiro manda dizer que Ac/Dc é sua banda preferida.

O segundo, que Doom metal, black metal etc. são músicas de maricas. Macho mesmo é Keith Richards.

Tanto que não o querem lá em cima (ou lá embaixo, tanto faz) e o mantém na terra mesmo.

Feliz Natal (e o brigado pelo presentão!)

Moura disse...

Quem não curte AC/DC MERECE UM CANAVIAL DE ROLA NO C*!!!!!

jantchc disse...

isso sim é banda de macho..

gde post pro natal..

Fabio ASA disse...

Só de pirraça comecei pelo "Flick Of The Switch" que é um album que eu adoro!!! rsrs VALEEEUU!!

Matt Voltage disse...

NA MINHA opnião, A MELHOR BANDA EM ATIVIDADE DO MUNDO !

For those about to rock, we salute you !

PS: Faltou o link do album T.N.T.

Abraço a todos, e feliz 2011.

Anônimo disse...

cara o meu melhor presente de natal, valeu combe!

Iaago Van Halen disse...

puta postagem, Combe sempre ownando

Iaago Van Halen disse...

to baixando o Black Ice nesse instante, faltava só ele pra completar a discografia, que eu baixei toda daqui, bom trabalho Combe

Anônimo disse...

AC/DC é sem dúvida nenhuma a minha banda do coração!
Quando ouvi a primeira vez, o mundo ficou de cabeça pra baixo, e nunca mais a minha vida foi a mesma!
Bom, vou direto ao assunto, e peço a ajuda dos universitários da Combe: existe a possibilidade de o tracklist de Back In Black, no Brasil, ter sido trocado? Porque me lembro do primeiro vinil que comprei, e o lado A começava com 'Back In Black', e não com 'Hell's Bells". Gostaria muito de saber se realmente isso foi uma falha da gravadora, na época, ou se esse trackist (que começa com 'Hell's Bells') sempre foi assim.

No mais, espero que essa banda ainda faça mais alguns discos, antes de tirar o time de campo e pendurar as chuteiras. Porque se forem se aposentar, que o façam com ótimos álbuns de despedida, para sair de cena com dignidade!

Abraços e um agradecimento geral pela ótima postagem-combo!

Long Live Rock'n'Roll!