Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Van Halen - Van Halen II [1979]


Todos sabemos que quando o assunto é diversão e festa, uma das bandas imbatíveis nesse assunto é o Van Halen, principalmente em sua primeira fase. É inegável que Dave Lee Roth seja um dos maiores showmem da história do rock e que no começo de sua história, a banda investisse de maneira maciça na descontração em suas músicas. Sem falar que nesse momento era que Eddie Van Halen mostrava o grande guitarrista que era, com suas técnicas inovadoras para a época.

Após o seu arrebatador disco de estréia, em que ganharam o reconhecimento e venderam milhares de discos, poderia ter surgido a dúvidas de que caminho a banda seguiria dali para frente. Mas ao invés de inovar, aderiram à conhecida máxima de que "em time que está ganhando não se mexe", o que não necessariamente é ruim. Aqui temos aquela mesma pegada contagiante, em que Eddie incendeia as guitarras, Anthony coloca seu baixo para gritar, Alex desce o braço sem dó e Roth dá seu show à parte nas interpretações.

E para iniciar a festa, temos a cadenciada "You're No Good", um cover da cantora Linda Ronstadt, que havia ficado conhecido cinco anos antes, mas que ganhou uma linha de baixo pesada e empolgante, que dá um charme a mais a esta canção. Após este bom começo, que tal se encantar com os mais belos vocais gravados pelo Van Halen e o clima inocente de "Dance The Night Away"? É impossível não se entregar a esta pequena maravilha. Quando você menos se der conta, estará contagiado com o grudento coro criado pelo grupo, e cantando o mesmo o mais alto possível.


A paulada "Somebody Get Me A Doctor" levanta até defunto, em que não existe a possibilidade de escolher algum destaque individual, pois todos aqui incendeiam tudo, em um hard barulhento, vigoroso e matador. Sem falar na performance vocal de Roth, que praticamente implora pelo bendito médico. O descontraído boogie rock "Bottoms Up!" segura bem a peteca até aqui, em que a banda parece apenas se divertir. O hardão cheio de swing e energia "Outta Love Again" te fará querer simular um air guitar ou mesmo tocando bateria de maneira imaginária, pois conquista sem pedir licença nenhuma.

E até o seu final, a banda continua na sua tarefa bem sucedida de entreter o ouvinte da melhor maneira possível, com as aceleradas e barulhentas " Light Up The Sky" e "D.O.A.". Em "Spanish Fly", Eddie agora exibe seu habitual virtuosismo em um violão, com seu solos ignorantes cheios de velocidade e técnica, em que não precisa de mais de um minuto para convencer a qualquer um de que é um monstro nas seis cordas. "Women In Love" é uma legal tentativa de balada, mas como essa não era uma especialidade da casa, temos mais um momento divertido. "Beautiful Girl" encerra este trabalho com bastante barulho e de maneira alegre como é de se esperar.


Um disco que só comprova que por mais que a fase Sammy Hagar seja legal, com David Lee Roth não existia espaço para outra coisa senão a alegria. Talvez seja por isso que muitos aclamem a formação original do Van Halen. Mas como não estou nem aí pra essa discussão, vou mais é ouvir de novo e dar um sorriso de orelha a orelha.




1.You're No Good
2.Dance the Night Away
3.Somebody Get Me a Doctor
4.Bottoms Up!
5.Outta Love Again
6.Light Up the Sky
7.Spanish Fly
8.D.O.A.
9.Women in Love...
10.Beautiful Girls


David Lee Roth - Vocais
Eddie Van Halen - Guitarras, Violões, Backing Vocals
Michael Anthony - Baixo, Backing Vocals
Alex Van Halen - Bateria


By Weschap Coverdale

16 comentários:

Anônimo disse...

http://www.multiupload.com/L9H5AZCH76

Fábio disse...

Belo cd mas prefiro a era Sammy Hagar!

Anônimo disse...

Melhor fase do Van Halen é com David Lee Roth, um dos maiores frontman. Se analisarmos a época em que foram lançados os primeiros discos do VH, pode-se chegar a conclusão que todos os músicos estavam a frente de seu tempo!

Jay disse...

"O Van Halen clássico fazia você ter vontade de beber, dançar e transar. Van Halen dos tempos atuais encoraja as pessoas a beber leite, guiar um Nissan e ter relações estáveis".

David Lee Roth

Não preciso dizer mais nada.

Anônimo disse...

foi o Van Halen da época de David Lee Roth, que nos presenteou com a maior referência para todos guitarristas: em técnica, estilo, virtuose e efeitos: chamado "Eddie Van Halen".

Anônimo disse...

De qualquer forma,Sammy Hagar canta muito mais.

Hairbanger disse...

ainda nao acredito que nao ouvi varios discos do VH de ponta a ponta. soh o Diver Down pra falar verdade, que nao curti muito e deu uma azedada na minha relacao com a banda, fiquei soh nas coletaneas... E nao tem data melhor que o natal pra dar uma segunda chance ao VH! vou ver qual eh q eh dos caras. Baixando!

Anônimo disse...

Excelente!

ZORREIRO disse...

Van Halen o auge.

Imaginem o que eram os States nessa época?

Demais, obrigado

romulo disse...

O melhor album do van halen!
esperei muito por esse post haha
abraço a todos

Anônimo disse...

Van Halen, uma das melhores bandas hard que este mundo já presenciou !

Sem mais, Rock n' Roll Baby !!!

jantchc disse...

tava mais ou menos igual o hairbanger

só ouvia as coletaneas dos caras

mas resolvi ouvir a discografia do VH e to gostando bastante..

ouvi este cd umas semanas atras e achei bem legalzinho

o 1º é melhor, mas este tb é bom..

Lyn disse...

Bom demais!

caue disse...

Diamond Dave não é um dos melhores frontmen da História. Ele É O MELHOR!!!

Acerca do play, não curto muito esse. O VH I chegou chutando bundas e só não é melhor q o clássico 1984. Daí até 84 eles foram ladeira abaixo sem conseguir me conquistar como em seu debut.
Isso não significa q o disco seja ruim, pelo contrário, é =VH= fase Lee Roth. Não há como ser ruim.

E realamente, tem como escutar Dance the Night Away sem se deixar contagiar?? Era minha trilha nas noites de sábado rsrs

Ricardo_cd89 disse...

Van Halen é D+!

Anônimo disse...

Agora que notei que David tem o mesmo sobrenome do técnico Celso Roth... uhahuauauh... Domingo de manhã causa coisas estranhas nas pessoas...