Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 27 de novembro de 2010

The Scream – Takin’ It to the Next Level [1993]

Chegou a hora de completar a discografia do The Scream, mas antes, entendam o contexto. Depois de uma turnê que se estendeu por aproximadamente um ano, John Corabi aceitou o convite para substituir Vince Neil no Mötley Crüe marcando o fim da primeira fase da banda. A saída do vocalista, que bem ou mal era dava as cartas lá dentro, ocasionou/permitiu um redirecionamento musical que teve como resultado a gravação de um álbum que permanece inédito até os dias de hoje.

Takin’ It to the Next Level foi gravado em 1993 trazendo Billy Fogarty nos vocais e um estilo completamente diferente daquele que consagrou o The Scream em seu début, Let it Scream, de 1991. A proposta pesada com pés fincados no classic rock deu lugar a experimentações por parte de cada um dos componentes da banda, aqui, com total liberdade para externar suas influências mais off-rock. Portanto, prepare-se para um trabalho sem um foco determinado, daqueles que dispara para todos os lados de forma a obter reconhecimento das mais variadas audiências.

A abertura com alternativa Kool World já indica mais ou menos o fio condutor de Takin’ It to the Next Level, com guitarras bem distorcidas, baixão preponderante e meia dúzia de latas de Suvinil no lugar do kit de bateria. What U See segue exatamente a mesma linha, exceto pela ausência dos scratches que aparecem em sua antecessora. Outros sons que guardam semelhanças com essas duas são Kick Back – riff que lembra o Red Hot Chili Peppers das antigas – e Ain’t Got Nuthin’ – mais cadenciada, porém igualmente pesada no aspecto guitarrístico.

Há também sons mais calmos nos quais se destacam principalmente as quatro cordas de John Alderete, que atualmente faz bonito no psicodélico The Mars Volta, como Love C.C.A. (abreviação de Can Conquer Anything), que só pelo título, o qual eu considero uma máxima da vida, já vale o registro. Destaque também para a setentista Miss Thang e para o techno-country de One Foot in the Grave.

Por conta do engavetamento do álbum, o quarteto encerrou suas atividades reaparecendo algum tempo depois como DC-10, lançando por conta própria seu Co-Burn, cujo repertório inclui alguns dos sons aqui presentes. Encerro com eternos agradecimentos ao pessoal do site do Racer X, que abriu a gaveta e disponibilizou de grátis todo este material na íntegra. Tá esperando o quê?

01. Kool World
02. What U See
03. Miss Thang
04. Kick Back
05. Another Rock
06. Get It Together
07. One Foot in the Grave
08. Ain’t Got Nuthin’
09. Comin’ Down
10. Good Lookin’ Out
11. Love C.C.A.
12. It’s a Long Way

Billy Fogarty – vocais
Bruce Bouillet – guitarra
John Alderete – baixo
Walt Woodward – bateria

LINK NOS COMENTÁRIOS
LINK ON THE COMMENTS

@mvmeanstreet

10 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?ec8bp18cpo6ztch

Jay disse...

O terceiro da foto é o cara!!!

Silver disse...

FUUUUUUUUUU!!!

Taliban Sexy Trucker disse...

Caras, qm é fã de The Scream que me desculpe sinceramente, mas sem o Corabi pra mim não é The Scream, sim um experimentalismo sem um objetivo claro, como vcs msm disseram, era qm dava as cartas, e sem ele, perderam completamente o rumo, mas pra qm nunca ouviu o Let Scream e não se apega a membros, ótima pedida...
Ass.: Taliban Sexy Trucker, fã pelinha de John Corabi...

Silver disse...

Sobre o álbum, enfim:

Eu não gostei. Não porque esperava algo como o The Scream, mas porque esse experimentalismo não me agradou. Não caiu bem esses caras fazendo - o único que não parecia estar perdido foi o Alderete.

Sou muito fã de Corabi, mas um disco sem o mesmo pode muito bem me agradar. Por falar nisso, o cara está trabalhando em um disco solo. Vamos ver no que que dá.

Taliban Sexy Trucker disse...

realmente eu tbm acho que poderia ter saído algo bom sem o Corabi, mas eu acho que foi um álbum meio preciptado ainda sim, mas sobreo álbum solo do Corabi eu ouvi dizer, e confesso estar ansioso...

Anônimo disse...

ESTE LINK TAMPOCO FUNCIONA

Anônimo disse...

ESTE LINK TAMPOCO FUNCIONA

Anônimo disse...

ESTE LINK TAMPOCO FUNCIONA

Anônimo disse...

ESTE LINK TAMPOCO FUNCIONA