Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 27 de novembro de 2010

The Members - At The Chelsea Nightclub [1979]

Taí um daqueles discos que você ouve e pensa: "porra, como essa banda não conseguiu mais reconhecimento?". Embora os Members sejam um tanto quanto conhecidos entre os fãs do punk rock inglês clássico, dos anos 70, os fãs de outros estilos certamente nunca devem ter ouvido falar deles.

A banda foi formada em 1976 em Camberley, uma espéce de cidade satélite de Londres, por Nicky Tesco (vocal) e Jean-Marie Carroll, a.k.a. JC (guitarra). Nos primeiros meses a formação sofreu muitas mudanças até se estabilizar com a dupla mais o baixista Nigel Bennett, o guitarrista Chris Payne e o baterista Adrian Lillywhite (irmão de Steve Lillywhite, o famoso produtor musical).

Antes de lançar um LP, a banda apareceu numa coletânea chamada "Streets" (um dos mais importantes discos do punk rock inglês 77) e lançou alguns singles. Desde o início, a banda se caracterizou por alguns flertes com o reggae, o que levou eles a serem comparados várias vezes com o Clash. Mas vale dizer que, o som deles é bem único e criativo, não sendo uma cópia descarada do The Clash. E uma das coisas que mais o diferenciam do Clash, é o conteúdo lírico, que ao invés de tratar sobre temas políticos, são zuação pura ou falam sobre a vida nos subúrbios/cidades.

"At The Chelsea Nightclub" é o primeiro álbum dos Members e, apesar do nome, não se trata de um disco ao vivo, apesar da última faixa, "Chelsea Nightclub", ter sido gravada ao vivo mesmo.



É um disco realmente do caralho, uma das melhores obras do punk rock setentista! Vou até fazer questão de comentar faixa a faixa, do início ao fim! hahaha. O disco abre com uma faixa instrumental, "Electricity" (eles também abriam com uma faixa instrumental as suas apresentações). Depois, vem a música "Sally", uma música super criativa e no melhor estilo The Clash de ser, alternando a agressividade do punk com a batida calma do reggae. Depois, vem "Soho A Go Go", que começa lenta e vai "ganhando forma" numa sonoridade melódica, mas ao mesmo tempo pesada. "Don't Push" vem a seguir e parece ter saído do disco "London Calling" do Clash, que por acaso foi lançado naquele mesmo ano de 1979. Pra fechar o lado A (esse disco não foi lançado em CD), temos "Solitary Confinement", uma música no mínimo emocionante, a minha favorita do disco, que fala sobre a história de um cara que morava nos subúrbios e veio tentar a vida na cidade grande.

Abrindo o lado B, temos um punkabilly (?) da melhor qualidade, a "Frustated Bagshot", uma das melhores do disco, e que abre caminho para o reggae de "Stand Up And Spit". A próxima é "The Sound of the Suburbs", um clássico do punk rock, com uma ótima letra que descreve perfeitamente o movimento naquela época. Logo em seguida vem um rock sacana falando sobre masturbação, a "Phone In Show". Depois, temos "Love In A Lift", com uma pegada meio reggae e o disco fecha com "Chelsea Nightclub", faixa gravada ao vivo e que fala sobre a casa de shows Chelsea Nightclub, onde eles tocaram com freqüência. É a faixa mais punk do disco, rápida, agressiva e bem simples.

O disco foi bem recebido pelos fãs do punk rock inglês e pelos críticos, embora não tenha alcançado o sucesso de outras bandas. Grande injustiça, pois o Members, para mim, está no mesmo patamar do Clash. É uma banda genial, e que vale a pena ser conferida. Não vou dar destaques, afinal, todas as faixas são igualmente do caralho. Aliás, caso não fossem, não ia ter comentado todas elas, uma a uma, hahaha.

Download recomendado a todos, principalmente aos fãs de punk, pois tenho certeza que irão curtir esse som!

01. Electricity
02. Sally
03. Soho A Go Go
04. Don't Push
05. Solitary Confinement
06. Frustrated Bagshot
07. Stand Up and Spit
08. Sound of the Suburbs
09. Phone in Show
10. Love in a Lift
11. Chelsea Nightclub

Link nos comentários
Link on the comments

Maurício Knevitz

6 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?19cn31gkmo7xqx1

Z disse...

Bandaça! Mais depois lançou uns discos fraquinhos...
Valeu! Abs.

Maurício Knevitz disse...

Verdade! Embora "At The Chelsea Nightclub" seja um puta disco, os que vieram a seguir não são lá essas coisas, embora o segundo também seja legal.

Valeu o comentário! abraço.

Anônimo disse...

Good job. I'm definitely going to bookmark you!

Valladão disse...

Vendeu o peixe direitinho, fiquei afinzaço de ouvir.
Valeu aí.

Anônimo disse...

Sera que existe alguma banda punk de 77, ruim, por que o fórmula simples de fazer um som, e ser ótima de curtir.