Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Danger Danger - Live And Nude [2005]


No começo do novo século, o Danger Danger se tornava uma banda "cult" entre os fãs do Hard Rock, ao passo que os problemas da década anterior se resolviam: o "Cockroach" foi lançado, uma coletânea de faixas antigas e inéditas ( também, e o grupo havia gravado "Naughty Naughty Christmas" para o filme "Meu Papai É Noel 2".

O vocalista Paul Laine, que havia substituído Ted Poley em 1993, saiu do grupo em 2003. No ano seguinte, Poley retornaria ao posto. Mas, antes mesmo do retorno de Ted, um lançamento ao vivo era planejado. Não é a toa que "Live And Nude" foi lançado só dois anos depois de sua gravação, chegando às prateleiras em 2005.

Apesar do período em que Laine assumiu os microfones do conjunto não ser um dos mais aclamados no geral, "Live And Nude" demonstra que a voz do homem é pra lá de cativante e sua performance nas canções antigas é muito boa, com um alcance bem superior ao do velho Ted. A cozinha de Bruno Ravel e Steve West continua eficiente e afiada como sempre. A dupla, que não fica apenas na cozinha como também providencia 99,9% das composições do Danger Danger, é uma das mais adoradas pelos apreciadores de um bom Hard Rock melódico.

Rob Marcello, que entrou para a turnê e só foi gravar algo em estúdio com o grupo recentemente em "Revolve", impressiona logo de cara. A influência neo-clássica do guitarrista entra em coesão com os clichês do Hard Rock e, no fim, a execução não permite que fã nenhum sinta falta do ainda genial Andy Timmons, pois Marcello também debulha as seis cordas com gosto.

Mais um ponto positivo para o play, por não trazer apenas as antigas de sempre: as mais recentes "Grind", "Dead Drunk And Wasted" e três do "Cockroach" - "Good Time", "Don't Break My Heart Again" e "Goin' Goin' Gone" - marcam presença e dividem espaço com as mais conhecidas "Under The Gun", "Naughty Naughty" e "I Still Think About You", e por aí vai.

Sem destaques, pois trata-se de um excelente show. Vale a pena conferir!



01. Beat The Bullet
02. Grind
03. Under The Gun
04. Don't Walk Away
05. Dead Drunk And Wasted
06. Goin' Goin' Gone
07. Bang Bang
08. Don't Break My Heart Again
09. Good Time
10. Monkey Business
11. Rock America
12. I Still Think About You
13. Naughty Naughty

Paul Laine - vocal
Rob Marcello - guitarra, backing vocals
Bruno Ravel - baixo, backing vocals
Steve West - bateria

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

8 comentários:

Anônimo disse...

Live And Nude [2005]

http://www.mediafire.com/?i05osgqjviiagee

Jay disse...

Discaço! Um dos melhores ao vivos de Hard Rock dos 00's.

Anônimo disse...

Como ja disse em algum comentario em post do Danger Danger, esses caras tem a receita da farofa!

Ótimo disco!

Weschap Coverdale disse...

Danger Danger! LLL

Sem mais comentários

Anônimo disse...

Fudido!!!!

jantchc disse...

ouvi alguns cds destes caras e preferi o laine ao ted, disparado..

então acho esta uma boa opção pra ouvir os caras ao vivo...

valeu..

Taliban Sexy Trucker disse...

Pô, DangerDanger é uma banda do caralho, e esse ao vivo só confirma o quão bom os caras são, sensacional

Anônimo disse...

Realmente é um discasso!!! A voz do Paul é magnifica. Ficou otimo os clássicos da banda. Parabens ao combe pelo post.