Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Johnny Van Zant - Brickyard Road [1990]


Que a família Van Zant tem o talento gravado em seu DNA é algo inegável. Basta perguntar a qualquer um fã de southern, que 11 entre cada 10 afirmarão que essa família foi a principal responsável pelo crescimento do estilo, seja à frente do Lynyrd Skynyrd, no 38 Special, no Van Zant (que reúne os irmãos Johnny e Donnie) ou ainda em suas carreiras solo. Para aqueles que cometem a ignorância de desqualificar o trabalho por eles apresentado, pode mudar de idéia ao realmente conhecer tudo o que fizeram. Digo isso, porque ocorreu o mesmo comigo.

E um dos grandes trabalhos foi o quinto disco da carreira solo de Johnny, o ótimo "Brickayrd Road". Porém, até o lançamento deste, vários percalços foram ultrapassados por Johnny. O primeiro destes foi a cena musical da época, não mais interessada neste tipo de trabalho. Após o lançamento de "Van Zant", o seu quarto disco solo, eis que ele abandona o cenário musical e desiludido, passa a ser caminhoneiro por dois anos, assim como o patrono da família.

A grande reviravolta de sua carreira ocorreu em 1987, graças a reformulação do Lynyrd Skynyrd. Após as recusas de Ronnie Hammond, Paul Rodgers e de seu irmão Donnie Van Zant, eis que o grupo convida Johnny para assumir a função, o que foi aceito prontamente. Após passar dois anos como vocalista do grupo, eis que em 1990 ele decide novamente gravar um disco solo. Eis que para isso ele monta um novo grupo com Robert Paul na guitarra, Jimmie Lee Sloas no baixo e Robbie Morris na bateria para esta. Mas muitos outros músicos ajudaram nessa empreitada, como seu velho comparsa Erik Lundgren, o tecladista Bill Cuomo e o seu irmão Donnie.


E o que nos é entregue é um excelente trabalho, com músicas bem acessíveis assim como o seu registro anterior, porém com mais punch em relação ao mesmo, com momentos carregados de emoção inclusive. "Hearts Are Gonna Roll" inicia este trabalho com belos vocais e guitarras presentes, o que seria muito comum em outras canções do disco. A emocional "Brickyard Road", escrita por ele e Donnie, é uma linda homenagem a seu falecido irmão, em que eles relatam a falta que o mesmo faz e tudo o que ocorreu nesses 12 anos após sua morte, em uma letra emocionante, que também é dedicada aos outros integrantes do Lynyrd falecidos e aos fãs do grupo. Esta inclusive fez um bom sucesso na época, com uma boa execução nas rádios de rock americanas.

Mas temos outras excelentes faixas em que Johnny acerta a mão. "Three Wishes" é um AOR bem feito e muito agradável de se escutar, daquelas faixas que dá vontade de voltar logo que a mesma acaba. A roqueira "Party in the Parking Lot" convida para um bom gole cerveja, essa bem puxada para o southern. "Take Every Beat of My Heart" foi escrita para cantar os refrães a plenos pulmões, sem falar nos seus discretos, porém, bem inseridos teclados. "Just a Little Bit of Love" fecha esse registro sem fugir da regra, uma faixa bem feita, mas com o propósito de tocar nas rádios, que procura cativar o ouvinte durante toda a sua execução.

Um disco muito bom, e que inclusive me impressionou quando o escutei pela primeira vez. Recomendo para aqueles que gostam de música acessível e bem feita, mas já avisando que o risco de se amarrar logo na primeira audição é gigantesco. E se você tem preconceitos quanto ao southern, esse será um disco que mudará sua opinião.





1.Hearts Are Gonna Roll
2.Brickyard Road
3.Bad 4 U
4.Love Is Not Enough
5.Three Wishes
6.Party in the Parking Lot
7.Young Girls
8.Love Can Be So Cruel
9.Take Every Beat of My Heart
10.Just a Little Bit of Love


Johnny Van Zant - Vocais
Donnie Van Zant - Vocais, Backing Vocals
Michael Lunn, Robert Paul, Dann Hugg, Dann Huff, Erik Lundgren - Guitarras
Tim Pierce, Larry Chaney - Violões
Bill Cuomo - Teclados
Robbie Morris - Bateria
Jimmie Lee Sloas - Baixo
The Memphis Horns, Wayne Jackson, Andrew Love - Metais
Steve Bassett, Vicki Hampton, Yvonne Hodges, Ashley Cleveland - Backing Vocals



By Weschap Coverdale

5 comentários:

Anônimo disse...

http://www.multiupload.com/4XKBO5MTHP

Hairbanger disse...

nenhum comentario ainda? pois eh cara... baixando agora, southern sempre eh bem vindo aqui, ainda mais tendo algum van zant no line-up. baixando agora... valeu!

Moura disse...

PORRA, Southern Rock é a trilha sonora da vida de todo apreciador de um bom rock, e ainda mais é impossível não ser um disco excelente só pelo sobrenome...

dnlz disse...

Simples e perfeito, e´só apertar play e curtir. Valeu!

Leandro disse...

que baita disco^^