Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Richie Kotzen - Something To Say [1997]


A diversidade de estilos sempre foi uma característica do trabalho solo de Richie Kotzen. Também é interessante notar que alguns discos em particular se caracterizam por concentrar forças em um gênero determinado. É o caso de Something To Say, onde o multiinstrumentista relembrou suas influências de Rolling Stones e outros da mesma estirpe, investindo com força no Classic Rock, com direito a passagens de Hammond em abundância nas onze faixas. Some a isso algumas pitadas de Hard, pegada blueseira e a velha alma da Soul Music norte-americana de meio século atrás e temos mais uma receita infalível.

Referi-me a Richie como multiinstrumentista no parágrafo anterior. Pois nesse álbum ele canta, toca guitarra, baixo e piano, além de bateria em três músicas, deixando as outras para seu fiel escudeiro Atma Anur. E o momento como compositor também é de inspiração pura, como fica claro desde o começo, com a faixa-título e “What Makes a Man”, dois Rocks da melhor qualidade, perfeitos para ouvir em qualquer ocasião. Para dar uma acalmada no clima, a bonita “The Bitter End”. O grande sucesso do álbum foi “Rust”, que possui uma letra que descreve exatamente como todo homem já se sentiu ao menos umas vinte vezes durante a vida. Presença garantida nos shows até hoje.



A bela melodia de “Ready”, a balada jazzística “Aberdine” e a pegada roqueira de “Holy Man” também se destacam. Já “Camouflage” remete ao clássico Mother Head’s Family Reunion. “Turned Out” encerra o play com sua levada alegre. Mentes fechadas podem se decepcionar. Mas quem é fã de Richie e conhece um pouco que seja de seu trabalho, sabe que não pode esperar que ele viva batendo na mesma tecla em suas produções discográficas. Indicado para quem aprecia música feita com alma e coração, tendo técnica e talento sem virar uma exibição de virtuosismo gratuita. Característica na qual Mr. Kotzen é expert.

Richie Kotzen (vocals, guitars, bass, piano, drums on 7, 9 & 11)
Atma Anur (drums)
Kim Bullard (Hammond, mellotron)
Arian Schierbaun (Hammond)

01. Something To Say
02. What Makes A Man
03. The Bitter End
04. Faded
05. Let Me In
06. Rust
07. Ready
08. Aberdine
09. Holy Man
10. Camouflage
11. Turned Out

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

6 comentários:

Anônimo disse...

Richie Kotzen – Something To Say [1997]

60 MB
192 kbps

http://www.mediafire.com/?iuwwrygtbihhttj

Pedro Torres disse...

Foda demais! Ansioso pelo cd novo do reizão!

Ricardo Brovin disse...

O que dizer de Kotzen... pra mim top 5 dos ultimos 20 anos!!!!Valeu pelo post...

Tati disse...

"(...) música feita com alma e coração, tendo técnica e talento sem virar uma exibição de virtuosismo gratuita. Característica na qual Mr. Kotzen é expert." -> perfeita explicação sobre as músicas do Kotzen. Valeu pelo post!

Natan Vieira disse...

esse é um trabalho que já tive o prazer de conferir algumas vezes, e como tudo que esse monstrof az não decepciona, simplesmente emociona.
riminha tosca mas e daí? rs
quem não ouviu ouça, o perigo é só ficar viciado como eu e muitos outros e acabar ouvindo esse cara todos os dias...

Anônimo disse...

ráááá! valeu pelo post!
esse ano eu não perco o show do Richie!!! \o/
no Bolshoi em Goiânia!