Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Black N' Blue - Black N' Blue [1984]


Formado em 1981 na cidade de Portland, Oregon, nos saudosos Estados Unidos da América, o Black N' Blue se mudou para Los Angeles no ano seguinte para tentar a sorte grande das bandas de Rock da época: um contrato com uma grande gravadora. Logo de cara, conseguiram um espaço na compilação "Metal Massacre", da Metal Blade Records, lançada em 1984 e dividindo espaço com o Metallica e o Malice.

Após muitos shows locais e correria, o contrato com a Geffen Records apareceu e o primeiro álbum dos caras foi gravado e lançado ainda no mesmo ano do contrato, 1984. Com a produção do alemão Dieter Dierks, famoso pelos seus trabalhos com o Scorpions, o quinteto da distante Portland conseguiu fazer uma estreia exuberante.

Apesar do visual farofa, o Black N' Blue chama a atenção por não aderir completamente ao som chiclete das bandas mais famosas do Hard Rock oitentista. Há uma energia encontrada principalmente no Hard N' Heavy do Twisted Sister, que parece ser uma das maiores influências musicais dos caras, ao lado do Kiss, banda que o guitarrista Tommy Thayer toca hoje em dia.

Black N' Blue com Gene Simmons, que apadrinhou a banda anos depois

Neste disco, uma vantagem em relação aos farofeiros da época é que não há uma balada sequer. Do começo ao fim, é um disco de Rock pesado. Os caras mandam pancadas com riffs de impacto, cozinha destacada e alguns solos arrepiantes. E pra completar, Jaime St. James faz bonito nos vocais, com um vocal de identidade e presença.

Para uma banda estreante que tinha um contrato com a recém-aberta Geffen, o Black N' Blue saiu-se bem. A repercussão foi moderada, com uma simpática 129ª posição nas paradas norte-americanas e turnês com maior público pela terra do Tio Sam. Os lançamentos sucessores foram mais puxados ao Hard chicletão, o que torna o play dessa postagem o meu predileto. Vale a pena conferir.



01. The Strong Will Rock
02. School Of Hard Knocks
03. Autoblast
04. Hold On To 18
05. Wicked Bitch
06. Action (The Sweet cover)
07. Show Me The Night
08. One For The Money
09. I'm The King
10. Chains Around Heaven

Jaime St. James - vocal
Tommy Thayer - guitarra, teclados, backing vocals
Jeff "Whoop" Warner - guitarra, backing vocals
Patrick Young - baixo, backing vocals
Pete Holmes - bateria

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

8 comentários:

Anônimo disse...

Black N' Blue [1984]

http://www.mediafire.com/?epo8ww8ybnkxpa8

Eduardo Paiva disse...

Esse álbum do Black N' Blue é ótimo! Realmente, o som deles era bem mais puxado pro Hard N'Heavy!
Valeu Silver!

Henrique disse...

Grande disco, mas como curto mais o chicletão (destacado na postagem), fico com o Without Love heheh

Dynasty disse...

Naquela tempo... 1984... nós iamos ao centro de Porto Alegre, entravámos numa loja de disco e um a um, muitas vezes pela capa, íamos ouvindo e tirando as melhores.

Esperávamos para saber mais sobre uma bando na próxima edição da revista Metal.

Foi desta forma que eu levei para minha turma "Two steps from de move" com sua excelente "Up Around the band", Hanoi Rocks. Depois soubemos que era um cover..rsrs

Com este Black N' Blue não foi diferente. O som que virou clássico para a galera foi "Action". Transformou-se num clássico para todo mundo que gostava de rock pesado lá da galera. Em seguida todos compraram este bolachão.

Abraço a todos da Combe. Parabens pela ótima postagem.

Dynasty disse...

Mais. Outros que vieram pelo mesmo processo foi Quiet Riot, WASP e Y&T.
Hoje tenho 1800 albuns baixados. Alguem poderia comentar como selecionar tantas bandas? Sei que dois albuns me agradaram muito. Primeiro: Holyhell - 2007 - Apocalypse e Echoes of Eternity - 2007 - The Forgotten Goddess.

Outros que passaram sem a devida atenção la da galera foram, por exemplo, Savatage e Doro. Valeu. Abraço a todos.

Anônimo disse...

Os primeiro LPs importados que comprei foram este "Black N' Blue" e o "Ride The Lightning".
Gostei bastante do BNB, que ia no mesmo esquema de bandas como Ratt e Dokken, músicas legais, pesadas e ao mesmo tempo acessíveis. Entretanto, eu fiquei um pouco decepcionado com os dois álbuns pelo seguinte: o BNB tinha músicas com muita melodia mas faltava um pouco mais de peso, e no caso do Metallica, eu achei que faltou o aspecto mais melódico, e o peso ficou descompensado. Na época, achei que o ideal seria a fusão dos dois estilos, e que tanto o Metallica quanto o Black N' Blue tivessem mais ou menos os mesmos aspectos de Heavy Metal.
Hoje em dia, passados 27 anos, vejo e ouço que o melhor dos dois é o BNB, e que o Metallica ainda não conseguiu me passar o "tchan" que eu procurava, mesmo com o Black Album. Gosto de Heavy Metal, e suas vertentes mais pesadas como o Thrash, Death e o Industrial, mas acima de tudo, curto o Hard Rock e a mistura Hard & Heavy.
Enfim, é só uma questão de gosto mesmo, e isso não me impede de curtir as velharias dos anos 70 e 80, como esse bom lançamento (de uma banda nova).

Abraços Rocker!

Weschap Coverdale disse...

Black n' blue ruleia muito, de fato!

мєαиѕтяєєт disse...

O disco do Black N' Blue que mais ouvi até hoje. Até meados do ano passado, era o único. "Hold On To 18" e "Chains Around Heaven" são sons que fervem a pista!