Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Dark Funeral – De Profundis Clamavi ad te Domine: Live in South America 2003 [2004]

Dez anos na ativa e nenhum trabalho ao vivo. Felizmente, o Dark Funeral aproveitou o embalo das comemorações de seu décimo aniversário para presentear os fãs com o que eu chamo de documento definitivo de sua melhor fase. Lançado no dia 19 de abril de 2004, De Profundis Clamavi ad te Domine registra a passagem dos inefáveis reis das trevas pela América do Sul em setembro de 2003, durante a turnê do álbum Diabolis Interium. São 14 faixas gravadas no Chile, na Colômbia e no Brasil. A introdução do CD, inclusive, é da apresentação realizada em Belo Horizonte, com direito a mineirada insana representando bem o povo tupiniquim no cenário alternativo mundial.



A recepção pra lá de calorosa é retribuída com fúria. Emperor Magus Caligula (não me conformo até hoje com sua saída!!!) apresenta todas as músicas e agradece ao término de cada uma delas com um “muchas gracias”. O modo como o vocalista interage com a platéia devia servir de exemplo, assim como a velocidade e precisão das palhetadas de Lord Ahriman e Chaq Mol. Os guitarristas, atualmente, são os únicos remanescentes dessa formação da banda, que trazia ainda Matte Modin na bateria e Richard Daemon no baixo.

O repertório não poderia ter sido mais bem escolhido. Sons das antigas como Open the Gates, Shadows Over Transylvania e My Dark Desires (todas do EP auto-intitulado, de 1994) dividem o terreno com seis das oito faixas de Diabolis Interium (apenas a faixa-título e Heart of Ice ficaram de fora) e outras pedradas do naipe de The Secrets of the Black Hearts (que dá nome ao full-length de estréia dos caras, de 1996) e Thy Legions Come (um dos melhores momentos de Vobiscum Satanas, de 1998).

Das profundezas clamo a ti, ó Senhor! Essencial!

01. Bleed For Satan – Intro
02. The Arrival Of Satan’s Empire
03. An Apprentice Of Satan
04. The Dawn No More Rises
05. Thy Legions Come
06. Hail Murder
07. Goddess Of Sodomy
08. The Secrets of The Black Arts
09. Vobiscum Satanas
10. Shadows Over Transylvania
11. Open The Gates
12. Ineffable Kings Of Darkness
13. Thus I Have Spoken
14. My Dark Desires
15. Armageddon Finally Comes

Lord Ahriman – Guitarra
Emperor Magus Caligula – Vocais
Chaq Mol – Guitarra
Matte Modin – Bateria
Richard Daemon – Baixo

LINK NOS COMENTÁRIOS
LINK ON THE COMMENTS

@mvmeanstreet

6 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?71ji1jks6c9lk3x

:)

Dragztripztar disse...

O melhor trabalho do Dark Funeral. E sucedeu o melhor disco de estúdio deles.

Pelo visto, a única coisa gravada no Brasil foi a intro, justamente pelos agradecimentos ao final de cada música.

Vale a pena conferir também o EP de covers. São poucos, mas são fodas. Inclusive, acho a versão de The Trial (Chambre Ardente) melhor do que a original do King Diamond.

Willian disse...

A primeira vez que ouvi essa banda foi com esse cd. Há uma música, chamada "Hail Murder", que me surpreendeu pela velocidade do baterista! Impressionante!

Renato Spacek disse...

Excelente! Infelizmente temos praticamente o fim dessa grandiosa banda, tendo em vista que váris membros - inclusive o vocalista Emperor Magus Caligula - a deixaram.

Não baixarei porque já tenho, mas é um excelente disco, vê-se que a banda não peca ao vivo. Recomendo.

G.Y disse...

Baita banda, pena que o Magus saiu, grande vocalista. Tive a honra de ir no show deles aqui na minha cidade dia 06/12/2011, tirei fotos com todos os caras, menos o Lord, ele tava meio puto da vida então deixei quieto e ainda ganhei um autografo do Dominator... foooda !!!! Baixarei o album !!!

Anônimo disse...

tanks broth \m/