Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sábado, 25 de junho de 2011

FarCry - Optimism [2011]


Lembro muito bem quando em 2009 escutei o disco de estréia dos americanos do FarCry, o muito bom "High Gear", que ficou um mês em meu IPOD sendo ouvido repetidas vezes sem parar, em que praticavam um melodic rock muito bem feito e com influências de grupos como Danger Danger e Harem Scarem, que são duas bandas pelas quais sou extremamente apaixonado. Então não podia deixar de conferir o lançamento do segundo disco do grupo, "Optimism", lançado no começo deste mês.

E falo que se o primeiro CD me ganhou, "Optimism" conseguiu definitivamente angariar mais um fã do som feito por esses conterrâneos do Bon Jovi. se no debut o grupo lançou um disco redondinho, no segundo vemos que a identidade do grupo foi por vez consolidada e conseguiu superar muitos discos de melodic rock que ouvi ultimamente. Guitarras muito bem trabalhadas principalmente nos solos inspirados do excelente Pete Fry vão lhe conquistar logo de cara. Mas a banda faz um trabalho muito coeso e com uma produção polida, que dá mais brilhantismo ao pacote apresentado.

E neste eles são mais influenciados pelos filhos de maior sucesso de New Jersey, criando melodias cativantes, vocalizações muito bonitas e hinos que foram feitos para serem cantados a plenos pulmões, como é regra para as bandas que realmente sabem fazer melodic rock de qualidade. Aqui a musicalidade transpira por todos os poros do grupo, sem nenhum enchimento de linguiça, em que todas as canções possuem um brilho singular e foram compostas de maneira inspiradas, o que confirma que a revelação se tornou uma realidade e passou facilmente pela síndrome do segundo disco.


E os trabalhos são iniciados com a ganchuda "Satisfaction", que começa toda faceira, cheia de riffs bacaninhas até explodir em um baita solo legal de Fry, algo que vai se tornar uma redundância até o final do disco, na qual o resultado para mim remeteu no que aconteceria se misturassem Ac/Dc e Danger Danger em um mesmo caldeirão, algo improvável e sensacional ao mesmo tempo. "Over And Over (Again!)" me arrancou uma lágrima dos olhos, com seu clima lindo e encantador, sendo para mim ao menos a melhor canção do disco e um momento de sublime beleza em forma de música. "Nothing You Can Do" é outra música bem trabalhada e cheia de energia e muito boa.

A balada "Better Than This" é belíssima, começa bem calma apenas com violões até se tornar uma power ballad das boas e com mais um solo arrebatador de Pete Fry e que tive de fazer esforço para continuar. Mas fui recompensado, pois "Love At First Sight" é outra baita canção grudenta e muito boa de se ouvir, assim como "Now That It's Over" que acrescenta um pouco mais peso em comparação as outras canções. A semi-balada "Free" me ganhou logo na primeira vez que a ouvi e me deu ainda mais certeza de que esses caras são muito bons e é um dos grandes momentos de Mark Giovi neste registro, que arrebenta tudo aqui.



Queria não continuar a elogiar tanto, mas não dá, principalmente quando "Best Of Me" aparece para continuar desarmando qualquer resistência que pudesse aparecer contra este registro, em outra canção que beira o nível do memorável com um andamento mágico. "Too Hot To Hold" mais uma vez coloca um pouco de peso com guitarras pesadas da dupla Fry e Mazza e um refrão muito bem feito. "When The Lights Go Down" finaliza o disco com guitarras incendiárias, com mais uma vez Fry roubando a atenção para si, com solos maravilhosos e um andamento extraordinário em toda a canção, algo para roqueiro nenhum botar defeito.

Este com certeza será um dos discos lançados esse ano sem sombra de dúvidas. Aqui temos tudo que um fã de melodic rock poderia pedir a Deus, entregue apenas em um play de qualidade incrível. Se continuar neste ritmo, Pete Fry tem tudo para estar na lista dos grandes guitarristas do estilo logo em breve. Apesar de toda a banda ser muito coesa, aqui ele realmente rouba a atenção para si. Um disco de nota 9,5 sem pensar nem meia vez. E que se permitem o trocadilho, me deixa otimista para tudo que o grupo ainda pode apresentar.





1.Satisfaction
2.Over and Over (Again!)
3.Nothing You Can Do
4.Better Than This
5.At First Sight
6.Now That It's Over
7.Free
8.Best Of Me
9.Too Hot to Hold
10. When The Lights Go Down

Mark Giovi - Vocais
Pete Fry - Guitarra Solo, Backing Vocals
Angelo Mazza - Guitarra Base, Backing Vocals
Ronnie Parkes - Baixo. Backing Vocals
Tommy John - Bateria



By Weschap Coverdale

14 comentários:

Anônimo disse...

http://www.mediafire.com/?ylxs968boj5xzbb

Anônimo disse...

Obrigado! Muito bom!

Anônimo disse...

Nao cnheço a banda, vou baixar pra ouvir.

Jay disse...

Estou com ele aqui há dias e ainda não escutei. O primeiro é muito bom!

gui oliveira disse...

Baixando para conhecer, excelente resenha...

André Costa disse...

mandou muito bem nesta resenha, me convenceu a baixar

Marcelão disse...

Porra. Eu também gosto muito do primeiro trabalho do Harem Scarem e dá pra notar a influência. Mais uma grata surpresa. Valeu!

IcE disse...

A Combe é um dos melhores blogs de música, com uma info legal das bandas, imparcial e clara. E o sentimento que essa banda me passou com o primeiro album foi muito semelhante. Parabens e obrigado, Combe!

Yoshiee, Rosa - Criadores disse...

Coverdale falou, tá falado.

ZORREIRO disse...

Coverdale falou, tá falado [2]
Moral, hein.
De fato, a resenha ficou magnífica.
Mas o som ficou longe do primeiro, que gosto muito.
Achei que eles pecaram pelo excesso de clichês.
Posso ser crucificado, mas me senti ouvindo Roupa Nova...

Caue Machado disse...

Adorei o primeiro trabalho dos caras e já estava ansioso por novidades.
Vou ouvi-lo com atenção, pois temos opiniões díspares aqui (Weschap e Zorrero) de dois conhecedores de música.

Agradeço.

Anônimo disse...

Som fantástico, de uma banda fantástica...valeu combe !

Anônimo disse...

Vlw pelo cd!!!!!!

BANDA ALLBEDOS disse...

Caramba, essa banda é muito boa !! ja havia ouvido o primeiro CD e achei o novo aqui na Combe! obrigado galera !!