Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Foo Fighters - Wasting Light [2011]


Dave Grohl é um dos músicos mais completos que a cena grunge da década de 1990 presenteou ao mundo. É um multi-instrumentista habilidoso, compositor talentoso e frontman carismático, além de incansável a ponto de ter registrado mais de 20 álbuns e muitas outras participações em 42 anos de vida. Após o fim do Nirvana, Dave, que quase deixou o mundo da música após o suicídio de Kurt Cobain, encarou o desafio de liderar uma nova banda. Nasce daí o Foo Fighters, que consegue explorar diversas influências e, ainda assim, continuar constante e linear.

Porém, por mais que um grupo se apresente constante e linear, há sempre um momento de superação em sua discografia. E, ao que tudo indica, o mais recente lançamento do Foo Fighters deve representar essa superação para muitos – inclusive para quem vos escreve. Não apenas por mostrar um conjunto mais criativo e poderoso do que nunca, mas também por ser o mais pesado de toda essa trajetória.



“Wasting Light” é o primeiro do Foo Fighters a contar com três guitarristas. Além de Grohl e Chris Shiflett, este na formação desde 1999, o velho conhecido Pat Smear, dos primórdios do FF e guitarrista de turnê do Nirvana, voltou a ser um integrante oficial. O lendário Butch Vig, produtor do clássico “Nevermind”, assumiu a produção. As gravações foram realizadas no estúdio caseiro de Dave, apenas com equipamentos analógicos. Influências mais pesadas foram exploradas nas composições. Tudo isso e outros fatores direcionaram o álbum para que fosse o mais pesado da discografia, combinando muito bem com o quinteto.

Apesar disso, não compensa conferir “Wasting Light” na espera de encontrar algo drasticamente diferente do que o conjunto já tenha apresentado anteriormente. A essência continua a mesma – e ainda bem que não mudou. Os riffs de guitarra matadores, as linhas de bateria criativas, os refrães grudentos e muitas outras características que consagraram a trupe continuam firmes por aqui. Mas tem-se aquele clima sofisticado e até mesmo romântico do som tocado de forma descompromissada, exigência de um bom Rock de garagem.



Vale lembrar que, mesmo descompromissado, há muita qualidade e até mesmo potencial de vendas. Não foi à toa que o álbum conquistou disco de ouro em países como Estados Unidos e Austrália e chegou à primeira posição das concorridas paradas norte-americanas e britânicas, além da turnê de divulgação estar lotando arenas pelo globo. Os críticos de todo o mundo estão amando o play, diga-se de passagem.

Entre os destaques da tracklist, estão os singles Rope e Walk, a grudenta A Matter Of Time, a dramática I Should Have Known – com Krist Novoselic (Nirvana) no baixo e acordeão – e as pauladas Bridge Burning e White Limo, esta com a participação do lendário Lemmy Kilmister (Motörhead) em seu videoclipe. “Wasting Light” promete cativar até aqueles que nunca apreciaram algo tocado ou produzido por Dave Grohl, o que é raro ao se tratar de fãs de Rock n’ Roll.



01. Bridge Burning
02. Rope
03. Dear Rosemary
04. White Limo
05. Arlandria
06. These Days
07. Back & Forth
08. A Matter Of Time
09. Miss The Misery
10. I Should Have Known
11. Walk

Dave Grohl - vocal, guitarra
Chris Shiflett - guitarra, backing vocals
Pat Smear - guitarra
Nate Mendel - baixo
Taylor Hawkins - bateria, backing vocals

Músicos adicionais:
Bob Mould - guitarra e backing vocals em 3
Krist Novoselic - baixo e acordeão em 10
Rami Jaffee - teclados em 1, 2 e 11
Jessy Greene - violino em 10
Fee Waybill - backing vocals em 9
Butch Vig - percussão em 7
Drew Hester - percussão em 5

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

11 comentários:

Anônimo disse...

Foo Fighters - Wasting Light [2011]
(101mb ~ 320kbps)

http://www.multiupload.com/2OCHS31X98

Fernando disse...

De fato, esse é um puta disco, quando boto no play, não consigo pular uma única música

Weschap Coverdale disse...

Dave Grohl é o cara. Um discasso e sem falar que os clipes estão sensacionais como sempre. A homenagem feita a "Um dia de fúria" em "Walk" é deveras sensacional! E a participação da lenda Lemmy em "White Limo" é melhor ainda...

Ghizzo Ramone disse...

FF é foooooda!!!

lbb_metal disse...

Puta discão do FF posso coloca-lo entree os melhores do ano e tem mais Dave Grohl é um artista completo e do mais alto gabarito. E o que falar dos clipes maravilhosos e bem comédia, White Limo é demais.
Quero fazer um elegio ao blog, melhorou muito a qualidade de som dos mp3, espero q continuem sempre assim.
E FOO FIGHTERS É FODAAAAAA

Anônimo disse...

Dave Grohl é um verdadeiro gênio. Além de criativo, com o Nirvana e Foo Fighters, ainda tem tempo para tocar bateria no QOTSA e montar aquela perfeição que foi o projeto PROBOT, só com os seus ídolos de moleque.

Anônimo disse...

como cantor ele é um otimo beterista,chama-lo de gênio é um disparate.

Marcio disse...

Este álbum é simplesmente fantástico. Candidato sério a melhor álbum de rock do ano!

Anônimo disse...

Para mim, este é o melhor álbum da carreira do Foo Fighters! Puta disco!

Obrigado pelo post!

Fabby disse...

Link quebrado!! Nao está mais disponível... ou será meu pc? rs

Anônimo disse...

É... o link quebrou mesmo!

Foo Fighters é minha banda preferida, mesmo sendo o metal o gênero preferido...

Ano que vem eles vêm pro Brasil, ouvi dizer