Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Slayer - Still Reigning [2004]


Em 7 de outubro de 1986, os portais do inferno se abriam, trazendo a obra definitiva da brutalidade sonora. Um álbum que mudou a história da música, estabeleceu novos parâmetros. E segue influenciando gerações.

Os mestres recriam a obra-prima da violência sonora. Quando Dave Lombardo retornou ao posto que é seu de direito, o Slayer resolveu executar aquele que é seu maior clássico na íntegra. Não apenas isso, mas também um trabalho seminal na história da música – veja bem, DA MÚSICA. Impossível falar em Heavy Metal e não citar Reign In Blood, o disco que mudou o mundo em 1986. Com a cumplicidade de Rick Rubin, Tom Araya e seus asseclas mostraram ao mundo como resumir todas as profanações sonoras em menos de meia hora. Foi como se uma banda conseguisse resumir tudo nesse intervalo de tempo. Sem contar o número de grupos que foram influenciados por esse play. O disco de ouro foi mera conseqüência.

Mas em 2004 era hora de realizar uma auto-homenagem. Exatamente isso que o Slayer fez, agredindo o mundo da mesma maneira. Impresisonante como eles ainda conseguem ser supremos na arte de aniquilar, destruir e conquistar. Sem deixar pedra sobre pedra, executam as dez faixas com a mesma gana de outrora. E que me perdoe Paul Bostaph, mas ninguém consegue fazer o que o mestre Lombardo faz. Pode até parecer que não é tão complicado, mas a sonoridade única do baterista original dá outro significado às coisas. Faz até com que Kerry King e Jeff Hanneman voltem a oferecer suas partes com a mesma insanidade dos velhos tempos.



Não há como destacar uma das dez porradas musicais, pois elas fazem parte de um contexto sonoro. Embora não dê para negar que ouvir a banda mandando ver em alguns sons que não eram mostrados ao vivo faz tempo – ou que sequer chegaram a ser tocados algum dia – seja pra lá de emocionante. Mesmo assim, fazer chover sangue ao início da última não é para qualquer um. Após esse massacre, quando o ouvinte pensa que vai ter descanso, o Slayer volta à carga e manda bala em seis de suas outras atrocidades. Categoria de quem conhece, já diria o outro. E por mais que tentem fazer mais rápido, mais agressivo ou algo que o valha, tudo foi definido nessa obra de arte. Vale o download!

Tom Araya (vocals, bass)
Kerry King (guitars)
Jeff Hanneman (guitars)
Dave Lombardo (drums)

01. Angel of Death
02. Piece by Piece
03. Necrophobic
04. Altar of Sacrifice
05. Jesus Saves
06. Criminally Insane
07. Reborn
08. Epidemic
09. Postmortem
10. Raining Blood
11. War Ensemble
12. Hallowed Point
13. Necrophiliac
14. Mandatory Suicide
15. Spill the Blood
16. South of Heaven

Link nos comentários
Link on the comments


JAY

13 comentários:

Anônimo disse...

Slayer – Still Reigning [2004]

109 MB
256 kbps

http://www.multiupload.com/IF76BS2IX0

Ron Mick disse...

Jay, meu chapa, vc se superou nessa resenha! Falar o que de Slayer? Existem POUQUÍSSIMAS bandas que têm a capacidade de executar obras geniais, do quilate de Reign In Blood!
E poucas pessoas com o talento para fazerem um texto que explica mais a obra em questão!
Parabéns e sempre em frente!
Obrigado!

gilberto disse...

Insano, monstruoso, lindo, brutal, maravilhoso...Slllllaaaaayyyyyyyeeeeeeeeeeeerrrrrrr

Anônimo disse...

SSSLLLLAAAYEEER!

jesusbiblio disse...

Sem comentarios !!!!!!

Gabriel disse...

Reign In Blood é um dos discos mais extremos da história da música, e o melhor disco do Thrash que já ouvi. Mas a auto-homenagem eu não ouvi ainda.

A resenha está perfeita. Baixando.

Rafael Fernandes disse...

Extremamente fodelástico!!!!

Eduardo Paiva disse...

Grand Post! Estava querendo baixar há um bom tempo!
Jay disse tudo na resenha!

SSSSSSLLLLLAAAAAAAAYYYYYYEEEERRRRRR!

Anônimo disse...

God listens to Slayer!


Épico.

Natan Vieira disse...

Hoje to afim de beber sangue e comer carne humana, esse álbum será perfeito para tal, baixando...

Anônimo disse...

crássico!!!
valeu!!!!

Anônimo disse...

nunca se vender, sem baladas ou firulas...........

Anônimo disse...

Album histórico para o trash metal. Com certeza um dos melhores da banda... Uma jóia rara e valiosissima!!!