Lembre-se

Comentar em alguma postagem não irá lhe custar mais do que alguns segundos. Não seja um sanguessuga - COMENTE nas postagens que apreciar!

Os links para download estão nos comentários de cada postagem.

Acesse: www.vandohalen.com.br

sexta-feira, 11 de março de 2011

Black Sabbath - Mob Rules [1981]


Quando o assunto é o período em que Ronnie James Dio permaneceu no Black Sabbath, o álbum que se tornou a referência principal desse período foi "Heaven And Hell", de 1980. Não é a toa, pois trata-se de um clássico. Mas seu sucessor é inegavelmente interessante e poderoso, como qualquer coisa que tenha a voz desse baixinho que agora descansa em paz.

"Mob Rules", décimo da discografia do Black Sabbath, também foi o último full-length a contar com os vocais de Ronnie até a conturbada reunião de 1992, que gerou "Dehumanizer". De início, a intenção era soar um pouco mais pesado que o lançamento anterior, e com a volta de Geezer Butler nas composições, isso se tornou praticamente natural, intensificando-se com a produção de Martin Birch, um dos melhores no metal. A banda passava por mudanças, aliás, pois contava com o recém-entrado Vinny Appice na line-up, substituindo Bill Ward na bateria.

A abertura com Turn Up The Night vem como um soco no estômago, com uma empolgação semelhante a de Neon Knights (abertura do álbum antecessor), mas com maior destaque das linhas de guitarra poderosas de Tony Iommi. Voodoo vem em seguida, com maior peso e cadência, mas abusando de uma pegada blues-rocker. Com a faixa seguite, The Sign Of The Southern Cross, o ouvinte pensa que haverá um tempinho para descanso, já que começa como uma balada, mas o engano se mostra subsequentemente: uma baita música pesada, com o brilho dos vocais de Dio.

Da esquerda pra direita: Tony Iommi,
Vinny Appice, Ronnie James Dio, Geezer Butler


E5150, curta faixa com Butler explorando efeitos no baixo, aparece para incluir a palavra "evil" no disco, seguindo o código: a letra "E", e os números 5, 1 e 50, que respectivamente são representados pelas letras "V", "I" e "L" em algarismos romanos. A agressiva The Mob Rules vem em seguida, uma das melhores da tracklist, e é sucedida pela pesada Country Girl, escrita por Ronnie para sua esposa Wendy, mas que mais lembra um outtake das composições dos tempos com Ozzy Osbourne.

Perto do fechamento, tem-se Slipping Away, cheia de suíngue e uma performance incrível de Butler e Appice, este claramente influenciado por John Bonham; Falling Off The Edge Of The World, pra lá de soturna e também lembrando os tempos de Ozzy, mas na pegada Dio; e o melancólico fechamento com Over And Over, onde o destaque certamente é a guitarra mágica de Iommi.

Apesar da boa recepção no Reino Unido e nos Estados Unidos, principais mercados do Sabbath, o período de "Mob Rules" é marcado por crises de relacionamento entre os integrantes, que culminaram na saída de Ronnie no período de produção de "Live Evil". Duas posteriores reuniões dessa formação aconteceram, em 1992 e 2006, a última sob a alcunha de Heaven & Hell e interrompida com a morte do vocalista, em 2010. Mas o trabalho desse quarteto, mesmo que limitado a poucos discos, é impecável e perfeito - e "Mob Rules" é um dos pontos mais altos das carreiras dos envolvidos, sem dúvidas.



01. Turn Up The Night
02. Voodoo
03. Sign Of The Southern Cross
04. E5150
05. The Mob Rules
06. Country Girl
07. Slipping Away
08. Falling Off the Edge Of The World
09. Over And Over

Ronnie James Dio - vocal
Tony Iommi - guitarra, violão
Geezer Butler - baixo, sintetizadores
Vinny Appice - bateria
Geoff Nicholls - teclados

(Links nos comentários - links on the comments)

by Silver

9 comentários:

Anônimo disse...

Black Sabbath - Mob Rules [1981]
(98,9mb ~ 320kbps)

http://www.mediafire.com/?oepmvhczcrhopyx

Gabriel Leite disse...

Meu preferido da fase Dio. Totalmente um clássico.

jesusbiblio disse...

Também meu predileto da fase Dio!!! tem um peso e felling do caralho !! Impecavel !!!

Anônimo disse...

Alguém assistiu ao filme/desenho "Heavy Metal: Universo em Fantasia"?
Pois é, assisti no cinema, e entre vários feras na trilha sonora, lá estava o Black Sabbath, com a faixa "Mob Rules". Curti à beça o filme, e corri para comprar o álbum da trilha sonora, e claro, o álbum do Black Sabbath também!
Recomendado para aqueles que verdadeiramente amam o som praticado naquele período, entre o final dos anos 70 e começo dos 80.
Uma preciosidade sem comparação ao que é feito hoje em dia.
O Grande Mestre da Voz detona, e a banda toda assombra como sempre!

Abraços Rocker!

Dragztripztar disse...

O melhor com o Dio!

jantchc disse...

é um disco muito bom, mas acho o pior com o dio..

prefiro H&H, Dehumnizer a até o ultimo..

mas a resenha ta muito boa..

ZORREIRO disse...

Esse disco é pra ouvir com raiva (cruzis).
O texto ficou demais. "Alcunha" heaven and hell parece coisa de inspetor de polícia. Demais

Ernesto disse...

POSTAÇO o melhor disco do Sabath até hje, melhor fase

Beto Kupper disse...

Meu preferido da fase Dio. Totalmente um clássico.[2]